A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

14/10/2011 12:29

Piso salarial dos professores deveria ser de R$ 2,5 mil, diz sindicato

Edmir Conceição

O piso salarial dos professores está longe de alcançar o patamar mínimo que esse profissional deveria receber não só em Mato Grosso do Sul, mas em todo o Brasil. Ele deveria receber hoje, no mínimo, R$ 2,5 mil por 30 horas/aula semanais e não os atuais R$ 1,4 mil. A opinião é da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (privado) de Mato Grosso do Sul – Sintrae/MS.

Ricardo Martinez Froes, presidente da entidade, diz que o Sintrae e a maioria das entidades que representam os professores lamentam não ter muito o que comemorar nesse dia 15 de outubro, Dia do Professor. “Lamentamos que no Brasil o professor não seja valorizado. Ele não tem o devido reconhecimento pelo seu trabalho que é de fundamental importância para a formação das pessoas”, afirmou.

Froes informou ainda que o piso salarial estava fixado em R$ 1.091,00 e que só recentemente subiu para R$ 1,4 mil. “Ainda assim está muito longe de remunerar dignamente o trabalho do professor”, critica o líder sindical.

“Portanto, nesse dia 15 de outubro vamos comemorar o que? A falta de condições dignas de trabalho? As jornadas excessivas e esgotantes dos professores? Afinal, o que temos para comemorar ?” questiona o sindicalista.

A diretoria do Sintrae diz que os professores são verdadeiros heróis, pois exercem com todas essas dificuldades o seu sacerdócio na arte de ensinar, de formar cidadãos competentes para os mais variados mercados de trabalho.

O presidente da entidade comparou o piso salarial pago hoje no Brasil com o que se paga em países de terceiro mundo. “É preciso avançar mais na remuneração dos professores. Governo e donos de escolas precisam se conscientizar de que os valores até agora aqui tratados são piso e nunca um teto”, explicou.

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 23 milhões
Neste sábado (18) o último dos três sorteios da semana da “Mega-Sena dos Pais) pode pagar para um ou mais acertadores até R$ 23 milhões. Durante os o...
Gabaritos do Enceja já estão disponíveis no site do Inep
O Ministério da Educação (MEC) divulgou no final da tarde de hoje (17) gabarito oficial do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...


Prezado Sindicato e professores,

Não adiantar se lamentar, vocês tem que se mobilizar e seguir o exemplo de Minas Gerais, Rio de Janeiro e outros estados e reivindicar melhores salários. Infelizmente os professores só reclamam mas não tem uma atitude. É preciso ir para as ruas e reinvindicar!
 
katia karine em 14/10/2011 04:20:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions