A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/01/2011 10:29

Plano de Beira-Mar para sequestro incluiu rotina do filho de Lula em 200 fotos

Aline dos Santos
De dentro da cela, Beira-Mar orquestrou sequestro de filho de Lula para libertar traficantes presos. (Marcelo Victor/Arquivo)De dentro da cela, Beira-Mar orquestrou sequestro de filho de Lula para libertar traficantes presos. (Marcelo Victor/Arquivo)

Revelado em 2008, o plano arquitetado pelo traficante Fernandinho Beira-Mar de dentro da cela do presídio federal de Campo Grande para sequestrar um dos filhos do então presidente Lula ia custar US$ 500 mil dólares e seria financiado por um pool de criminosos, incluindo o traficante colombiano Juan Carlos Abadia e José Carlos Girotti, preso pelo assalto ao Banco Central.

Todos cumpriam pena no presídio da Capital. Reportagem do jornal Folha de São Paulo revela que o plano já contava com 200 fotos de Luís Cláudio Lula da Silva, alvo da ação, e até o local de cativeiro, em Mairiporã (SP), além de um “infiltrado”.

Para a ação, setes fuzis AR-15 foram comprados. O plano foi por água abaixo ao ser delatado por Abadia, que buscava a extradição para os Estados Unidos. A denúncia originou a Operação X, da Polícia Federal, divulgada em agosto de 2008 pelo Campo Grande News.

Conforme a Folha de São Paulo, Abadia implodiu o plano porque queria que sua mulher fosse transferida de presídio em São Paulo. O traficante colombiano passou, inclusive, por um detector de mentiras. Em seguida, um policial federal se infiltrou no esquema fazendo-se passar por um representante do colombiano.

No dia 11 de julho de 2008, o policial conversou e gravou um diálogo com um emissário de fora do presídio a serviço de Beira-Mar.

Num dos diálogos entre o policial e o contato do traficante carioca há menção ao alvo do sequestro.

“Lá no Rio vão te levar até o braço direito dele, do Beira-Mar. E o convidado [o sequestrado] vai ser o preparador físico do Palmeiras [Luís Cláudio, então auxiliar de preparação física do clube de futebol]”, fala Leandro de Oliveira, contato de Beira-Mar.

O policial infiltrado também se encontrou com o advogado Vladimir Búlgaro, que defende o assaltante de banco José Reinaldo Girotti. O advogado chegou a ser preso durante a Operação X.

Relatório da PF do Rio de Janeiro, de 2008, aponta que a definição do alvo está embasada no "constrangimento a ser causado ao presidente da República diante da ciência de que a decisão pela libertação [dos presos] será política; e a facilidade de execução do plano fundada na qualidade/quantidade de segurança do alvo".

A liberdade do filho de Lula seria trocada pela de presos, como Marcos Hebas Camacho, o Marcola, chefe da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Desde 2007 em Campo Grande, Beira-Mar foi transferido mês passado para o presídio federal de Cantanduvas, no Paraná.

Filho do Lula de 22 anos seria alvo de seqüestros
O filho do presidente Luís Inácio Lula da Silva que seria alvo de seqüestros, é Luis Cláudio Lula da Silva, 22 anos, auxiliar de preparação física do...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Graças a Deus a inteligência da nossa polícia está sempre na frente dos criminosos, que tentam ser organizados.
 
Paulo Rodrigo em 05/01/2011 01:09:17
Quer dizer que foi por ajudar lula que Abadia foi extraditado para os Estados Unidos tão facilmente???
E cesare battisti o que está prometendo??? Ou os franceses por ele???
 
Carlos d'Amore em 04/01/2011 11:54:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions