A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/11/2010 08:56

PM vai investigar como agente foi baleado na Máxima

Redação

Segundo assessoria de imprensa da PM, será aberto inquérito policial militar para descobrir de qual arma foi disparado tiro que feriu agente penitenciário dentro do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. A investigação será paralela a inquérito civil.

O oficial penitenciário Lúcio de Oliveira Santos levou um tiro na perna e está na Santa Casa. Ele foi baleado durante tentativa de fuga de presos na manhã de hoje.

Na segurança da Máxima, os PMs usam três tipos de armamento: pistola .40, revólver calibre 38 e fuzil 782. Segundo o sindicato dos agentes, o ferimento no oficial parece ter sido provocado por tiro de pistola.

Assim que foi detectada a munição que atingiu o servidor, será possível identificar qual policial militar fez o disparo e se houve algum erro no procedimento.

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Mato Grosso do Sul, Fernando Anunciação, classificou como "imprudente" a ação dos policiais militares que atuam na guarda do estabelecimento.

O oficial passa por cirurgia na Santa Casa, mas não corre risco de morrer.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions