A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/10/2009 07:19

Polícia Civil também vai recolher armas

Redação

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul também vai receber armas da campanha do desarmamento e dar andamento aos processos para registro e renovação de registro de armas, emitindo, inclusive, registro provisório de 90 dias que poderá ser prorrogado por igual período.

Com o convênio firmado com a Polícia Federal, a capilaridade da campanha se multiplica, uma vez que a PF tem hoje unidades apenas em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas, Naviraí e Corumbá, enquanto a Polícia Civil está presente em quase todos os 78 municípios do Estado.

A portaria da Diretoria Geral de Polícia Civil que estabelece a participação da Polícia Civil, especialmente em localidades onde não há unidade da Polícia Federal foi assinada na segunda-feira pelo delegado Jorge Razanauskas, diretor da Polícia Civil e publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira.

Até então, o recolhimento de armas ocorria apenas nas delegacias de Polícia Federal. Conforme a portaria, serão indicados policiais para participar do curso de capacitação para ações de arrecadação e registro de armas, que será oferecido pela PF, em Campo Grande. Só os policiais credenciados poderão receber as armas e expedir o formulário de indenização.

Até o quinto dia útil de cada mês as armas arrecadadas deverão ser encaminhadas à Polícia Federal.

No caso de municípios que não têm unidade da Polícia Civil, o atendimento será nas cidades mais próximas que tenham ou quando não houver lotação na unidade será agendado retorno para quando a autoridade estiver presente.

Pela regra, não há indenização por armas artesanais ou de fabricação grosseira. O valor da indenização vai de R$ 100,00 (para casos como de revólver calibre 22, 32 e 38) a R$  300,00 ( calibre 7 mm, calibre .30, etc). A tabela pode ser acessada clicando aqui. (página 8)

Registro

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions