A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/06/2008 15:45

Polícia fecha duas carvoarias e flagra desmatamento

Redação

Operações da PMA (Polícia Militar Ambiental) levaram ao fechamento de duas carvoarias e ao flagrante de situações de desmatamento. O proprietário das carvoarias, que contabilizavam 53 fornos, foi multado em R$ 43,5 mil.

Segundo a assessoria de imprensa do governo, que divulgou hoje o saldo dos trabalhos, nas carvoarias havia 85 metros cúbicos de carvão ilegal. O responsável pela ação também responderá por crime ambiental, cuja pena prevista pode chegar a dois anos de detenção.

Durante a fiscalização, um funcionário da carvoaria foi autuado porque usava, sem porte, uma motosserra. A multa para o trabalhador foi de R$ 500,00.

Já na Fazenda Matos, em Jaraguari, os policiais flagraram o desmatamento de 18 hectares, além da derrubada de 305 árvores esparsas, sem autorização da Semac (Secretaria Estadual de Meio Ambiente). O proprietário foi autuado e multado em R$ 25,6 mil.

Durante a medição da área, os policiais levantaram que havia um desmatamento de mais 2,96 hectares, que estava dentro de área de preservação permanente, à margem de um curso d'água, denominado córrego Vermelho. Pelo desmatamento, o proprietário foi multado em mais R$ 15 mil. O proprietário da Fazenda Matos também foi notificado a providenciar no prazo de 60 dias o PRAD (Projeto de Recuperação de Área Degradada).

Já em Coxim, os policiais constataram o desmatamento e retirada de madeira na Fazenda Recreio, no município de Figueirão. Eles fizeram vistoria na área da fazenda e constataram a retirada de madeira em vários locais, mas não encontraram maquinário ou pessoas que trabalhavam no local.

A madeira já havia sido extraída há vários dias. Parte da madeira estava dentro da vegetação e outra no pátio da fazenda, o que somou total de 175 metros cúbicos de madeira da espécie "balsimim" e "vinhático".

Devido à falta de autorização ambiental para o desflorestamento e a retirada da madeira, os policiais autuaram o arrendatário da fazenda Recreio e arbitraram multa de R$ 87,5 mil. Em todos os casos flagrados durante a operação, os responsáveis além de receber multa também responderão por crime ambiental.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions