A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/01/2014 09:15

Polícia mantém em sigilo informações sobre "golpe milionário" de construtora

Graziela Rezende

A Polícia Civil mantém em sigilo as informações sobre uma construtora que deu um “golpe milionário” em vários fornecedores de Campo Grande. Segundo a delegada Ariene Murad, responsável pelas investigações, o proprietário da RS Construções e Transportes ME, Reginaldo Fernandes Medeiros continua foragido e a Polícia aguarda um “pedido judicial” para dar andamento ao inquérito.

A suspeita do crime teve início no final do ano passado, quando vários fornecedores deram “de cara com a porta”, ao chegar à rua André Pace, bairro Guanandi, região Sul da cidade. Horas antes das festividades de Natal e Ano Novo, a informação de vizinhos é que um caminhão estacionou em frente a empresa e retirou todos os pertences.

Logo depois, empresários, que jamais desconfiaram de um empresa que havia faturado mais de R$ 4 milhões nos últimos 12 meses, tiveram de comparecer a delegacia para registrar a ocorrência.

Crime – Conhecido como uma das fraudes empresariais e financeiras mais “famosas” do País, o golpe é conhecido como “arara”, que é fazer compras de fornecedores e, em seguida, vender os produtos antes do vencimento dos boletos, sumindo da cidade. São ao menos 26 protestos em instituições financeiras, mas o montante ainda não foi calculado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions