A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/11/2013 10:32

Polícia mantém em sigilo informações sobre triplo homicídio em Campo Grande

Graziela Rezende

A Polícia optou por manter em sigilo qualquer informação sobre a chacina ocorrida há uma semana no bairro Santa Luzia, em Campo Grande. De acordo com o delegado Fábio Peró, responsável pelas investigações, o cenário do crime, que inicialmente seria de um roubo, na verdade, é um “acerto de contas” que culminou em um triplo homicídio.

“Não podemos falar nada sobre as investigações, apenas quando houver prisões. Temos testemunhas que estão nos ajudando a elucidar o crime, mas, inicialmente, nada será divulgado”, afirma o delegado.

Um dia após o crime, no qual uma sobrevivente confirmou que os bandidos anunciaram o assalto, a mão armada, exigindo uma corrente de ouro e um celular, a Polícia constatou que nada foi levado. E mesmo assim, o atirador “partiu pra cima” de uma das vítimas e a maioria dos tiros foi direcionado a uma só vítima, identificado como Edgar José Duarte, 38 anos.

Crime - Os homens chegaram em um veículo VW Santana e realizaram 13 disparos, após anunciar o assalto. Edgar e o irmão dele, João Carlos Duarte, 26 anos, e Maurício Martins da Silva, 31 anos, morreram na hora. Eles tomavam tereré quando foram abordados. A casa ficou cheia de marca de tiros.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (67) 3368 - 6634.

Irmãos mortos em chacina eram temidos no bairro, dizem moradores
Os dois irmãos mortos, na noite de ontem (18), durante chacina no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande, eram temidos pelos moradores da região. Em ent...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions