A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

08/09/2010 16:43

Polícia ouvirá funcionários do HU sobre sumiço de bebê

Redação

Enfermeiros e funcionários da ala da maternidade do Hospital Universitário, em Campo Grande, começam a ser ouvidos na próxima semana sobre o sequestro de um bebê recém-nascido, ocorrido na última segunda-feira (6). A informação é da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), onde o caso é investigado.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Regina Mota, o inquérito deverá ser concluído nos próximos nove dias e Regina Célia Gomes, de 30 anos, presa no dia do crime, irá responder por sequestro e cárcere privado.

A sequestradora está presa na 6ª delegacia de Polícia da Capital e deverá ser transferida para o Presídio Feminino nos próximos dias, conforme a assessoria da Polícia Civil.

Ontem a mãe da recém-nascida, Laudinéia Alves, de 25 anos, e a menina Keyla receberam alta do hospital. O pai da menina, Marcos Roberto Canaver, de 25 anos, informou que irá processar o hospital pelo sequestro da filha.

Hoje ele falou com um advogado por telefone e amanhã deve ir ao escritório dele em busca de informações seus direitos "Eu vou levar adiante o processo", garante.

A autora do crime contou que entrou pela recepção do Universitário e chegou à maternidade sem ser barrada. Ela diz ter saído pela mesma porta com a menina nos braços sem nenhum impedimento.

A direção do hospital informou que abrirá sindicância para apurar o caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions