A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/07/2010 16:46

Polícia prende bando acusado de roubar e queimar carros

Redação

A Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) indiciou nesta quarta-feira três pessoas por envolvimento em roubo de veículos que também foram queimados. A delegacia investiga a participação no roubo de um Palio, de um Fox e agora de uma motocicleta, todos incendiados após o assalto.

A investigação teve início após a declaração de uma adolescente de 17 anos que confessou ter participado do assalto realizado domingo no Jardim Novos Estados, região norte da Capital.

Ontem, a polícia prendeu André Assis Pires, de 29 anos, em uma boca-de-fumo no bairro Estrela Dalva. O jovem negou ter participado do assalto de domingo, mas foi reconhecido pela vítima.

Hoje, um terceiro envolvido confessou ter agido no roubo a residência onde estavam 10 pessoas, de onde foram levados diversos itens, como televisões e o carro da família.

Maikon Cesar Mendes de Souza, de 26 anos, foi reconhecido pela adolescente e assumiu ter participado do assalto. Na casa da família, o bando roubou aparelhos de televisão, videogame, computador, celulares, telefones sem fio, além do Fox, de placas HSE-6005, e uma motocicleta Honda Titan, de placas HSZ-4074. Depois do roubo, o Fox foi encontrado queimado em uma rua no Jardim Veraneio, próximo à Uniderp Agrárias.

O delegado adjunto da Defurv, Geraldo Marim Barbosa, adiantou que uma motocicleta foi localizada queimada próximo a casa onde os artigos roubados no domingo foram recuperados. "Ainda não podemos afirmar que seja uma moto roubada pelo bando, mas as circunstâncias levam a crer".

Além de Maikon, foram indiciados Maria Givan da Silva, de 35 anos, e Felipe de Almeida Rodrigues, de 23 anos. O elo para a prisão dos envolvidos foi a adolescente. "Todos disseram conhece-la", complementou o delegado.

Na casa de Maria Givan, no bairro Taianá Park, foram recuperados um aparelho de DVD, computador, impressora, televisor, roupas, e duas motocicletas, uma Honda CG 125, de placas HRB-9487, e a motocicleta roubada da família do Jardim Novos Estados.

Há suspeita que a CG 125 fosse utilizada na abordagem das vítimas de roubo. As investigações da Defurv vão apurar qual a participação de cada um dos envolvidos nos roubos e averiguar se há outros casos praticados pela quadrilha.

"A princípio eles foram indiciados pela formação de quadrilha. O julgamento pelo roubo dos veículos precisa de mais informações, para que os culpados sejam devidamente punidos", reitera Geraldo Marim.

Segundo caso

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions