A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/10/2013 13:35

Polícia prende seguranças envolvidos na morte de ex-soldado do Exército

Graziela Rezende

Três dos cinco seguranças suspeitos de espancar até a morte o ex-soldado do Exército Idenilson da Silva Barros, 20 anos, foram presos pela Polícia Civil. Um deles, segundo o delegado Cláudio Martins, é o gerente da empresa identificado como Ronaldo Solis, responsável pela retirada do jovem do camarote. O suspeito se apresentou no Fórum na manhã desta quinta-feira (23) e negou qualquer envolvimento no crime.

“Desde o início tínhamos a suspeita do dono da empresa e seguranças e o fato se confirmou com o testemunho de mais três pessoas que flagraram eles saindo com o jovem do camarote. De lá, o jovem foi levado para um tapume, que delimita a área do show e é onde somente os seguranças e os organizadores possuem acesso”, explica ao Campo Grande News o delegado.

A partir daí, o delegado afirma que busca indícios e provas para saber o que aconteceu com a vítima. “Ele estava lá com os seguranças e minutos depois foi encontrado espancado e morto. Os suspeitos continuam com a mesma versão, por isso as investigações prosseguirão no sentido de identificar os demais seguranças, porém as testemunhas asseveram que o jovem foi levado por eles para a área do estacionamento”, diz o delegado.

Sobre o possível atropelamento que ocorrera em seguida, o delegado diz que não conseguiu constatar que se trata de um dos suspeitos. “Apreendemos a peça, mas o condutor do veículo não se apresentou e nem testemunhas do possível atropelamento apareceram”, comenta o delegado.

Além de Ronaldo, os seguranças José Alberto e Carlos Madureira Curk estão detidos e a Polícia continua com diligência para achar os outros suspeitos.

Crime - A Polícia apenas ficou sabendo que Idenilson brigou com a namorada no camarote e saiu algumas vezes, sendo que 40 minutos antes do final do show, disse que sairia e já voltava. Por volta das 5h, ele foi encontrado morto no estacionamento.

Dias depois, o laudo pericial apontou que ele também foi vítima de espancamento, pouco antes de ser atropelado. Com a coleta de uma peça do carro Hyundai, a Polícia começou a selecionar os possíveis modelos envolvidos, chegando a conclusão de que se tratava de um Sonata ou um Azera.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...


Valdir Zatti, trabalho em duas empresas de segurança, e em nenhuma delas dão essa tal ordem de bater, espancar as pessoas, pelo contrario, no começo de cada evento fazem uma reunião e é dada a ordem aos seguranças de prestarem bem atenção no serviço e quando acontecer algum problema, retirar os envolvidos para fora do evento sempre pelo portão da frente ou encaminhá-los para o posto policial se for o caso.
Tbm trabalho com segurança a anos e sei que com o Ronaldo Solis que se encontra detido, é exatamente assim o procedimento nos eventos.
Confio no trabalho da policia civil que está cuidando do caso e que logo vão encontrar os verdadeiros culpados e esses 3 chefes de família q eu tenho certeza que são inocentes estarão em liberdade para voltar a sua vida normal.
 
Tiano Moraes em 24/10/2013 10:03:57
concordo que tem que se apurar,a policia judiciaria e técnica estão fazendo seu trabalho indícios, se os seguranças retiram a vitima, eles terão seus argumentos para provar ao contrario dos indícios apresentados, se tem os freguentadores deste shows onde muitos vão para beber e promover baderna ou se divertir. Mas digo que muitos andam assistindo CSI New York KKKKKKK
Deixa a policia Trabalhar
 
paulo henrique em 24/10/2013 06:33:09
os seguranças envolvidos são treinados sim,mas não o são para espancar e nem matar,mas devem ter recebidos ordens para tal atitudes.
se não cumprirem ordens são afastados e punidos pelo mesmo diretor sócio desta empresa.
somos vigilantes treinados,e capazes para todo tipo de trabalho,mas existe aqueles que fazem tudo que mandam fazer,e é ai que a porca torce o rabo e fazem besteira.
sou vigilante a vinte anos(20 anos),e não faço determinadas ordens como essa de espancar pessoas,e me orgulho disso.
 
valdir zatti em 23/10/2013 22:30:13
O sr. Tiano já que esta´defendendo os seguranças, porque não manda eles acharem o dono do carro que atropelou o rapaz e resolve o problema??? afinal eles deveriam ter controle de todos os veículos que estavam lá não é????????
 
Marcírio Soares Lopes em 23/10/2013 21:57:25
A Justiça é sabia, porém a LEIS Brasileiras são cheia de falhas e brechas... Mas as Polícias do MS está de parabéns pois ja conseguiu por as mãos nos responsáveis que fizeram a vitima perder a vida....
 
Ado kulhavi em 23/10/2013 20:33:40
Sabemos que tem que ter justiça, mas acho este caso meio complicado.Eu já trabalhei dois anos em shows no camarote e muitos jovens se perdem nas bebidas e drogas.Alem disso presenciei várias brigas que os seguranças procediam dessa forma em retirar os jovens baderneiros e muitos eram agressivos demais. O Ronaldo é um trabalhador que conheço a muitos anos e fico triste em velo preso.Espero que não cometam um erro, pois pelo que sei do Ronaldo é uma pessoa trabalhadora e responsável com sua prestação de serviços.
 
Andre Garcia em 23/10/2013 19:25:05
Deixando bem claro aqui que nenhum dos acusados tem algum parentesco comigo...
E sim, eu tbm quero que OS AUTORES do homicídio paguem por isso...
Se olharem matérias anteriores do fato ocorrido verão que infelizmente o rapaz foi morto atropelado, e depois foi constatado que havia marcas no pescoço e olho.
E cadê o carro e o motorista???
E senhor José Hamilton Rocha, me desculpe pelo meu erro, mas cuidado ao apontar erros dos outros esquecendo dos seus.
Falo isso aqui pois estou acompanhando o caso não só em reportagens.
 
Tiano Moraes em 23/10/2013 19:03:05
prende os 100 que vao abrir o bico lamentável sou segurança e afirmo a noite tem muita surpresa se nao precisava de segurança
 
samir da conceicao espindola em 23/10/2013 19:02:57
Prezado Tiano Moraes.
Não sei se a justiça é cega, muda ou analfabeta, mas não se fala MANDATO de prisão e sim MANDADO. Depois, quem os expede, não é a polícia, é a Justiça.
 
José Hamilton Rocha em 23/10/2013 17:59:59
Tiraram a vida de um garoto, que tinha muita coisa para viver, e destruíram toda uma família, acharam que ficariam impune. Que fiquem um bom tempo presos, é o mínimo.. Parabéns à Polícia!
 
Katia Guilherme em 23/10/2013 17:48:43
Tiano Moraes, é direito seu defender seus parentes mas não venha querer denegrir a polícia civil, pois desde o começo estava bem estampado que esses marginais de colete é quem tinham cometido tamanha barbárie.
 
Julio Martini em 23/10/2013 17:20:18
Olha Tiano, para a polícia prender, estas testemunhas deviam ter muita convicção, e eu acredito no trabalho da polícia, pois infelizmente estes seguranças de shows não são preparados.. a principal renda dos organizadores é com bebidas, logo pessoas q vão no show e exageram no q os organizadores mais oferecem ficam bêbadas e agem erroneamente, porém inconsciente e quem deveria ter consciência para controlar a situação, imobilizar a pessoa se preciso, e encaminhar para um parente, para uma ambulância ou para a polícia se for o caso, que são os seguranças, são os mais despreparados e ao invés de acalmar tumultuam querendo se aparecer.. por essas e outras acredito q a investigação está no caminho certo..
 
Antônio Carlos em 23/10/2013 15:53:05
TIANO MORAES, leva eles pra sua casa e sustenta-os, já que voce gosta de defender bandido.
 
Robson Avila em 23/10/2013 15:28:12
Não acham o dono do carro porque não querem, pois nesses locais o acesso é muito restrito e tanto os seguranças quanto os organizadores sabem muito bem quem são os que podem entrar ali. Sempre tem uma lista das pessoas autorizadas. Quem procura acha...
 
Filipe Alberto em 23/10/2013 13:16:23
Inocentes sendo presos e culpados ficando nas ruas, a policia está expedindo mandatos de prisão baseados em depoimentos de testemunhas que "dizem" ter visto pessoas parecidas com os acusados, mas sem ter certeza e acusando pessoas que nem estavam no show no dia pelo fato ocorrido.
Mas no BRASIL é assim mesmo, inocentes pagam por atos cometidos pelos outros.
Cadê o carro envolvido no atropelamento, será que foi checado as pessoas envolvidas na discussão no camarote.
Que amigos são esses que abandonam outro amigo e o deixam para trás?
Esse caso está muito mal resolvido...
Será que a justiça é cega mesmo como muitos falam???
 
Tiano Moraes em 23/10/2013 13:11:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions