A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/10/2013 16:57

Policial matou ex-mulher com cinco tiros; ele foi reabilitado em julho

Edivaldo Bitencourt, Mariana Lopes e Filipe Prado
(Foto: Cleber Gellio)(Foto: Cleber Gellio)

O policial civil Marlon Robin de Melo, 36 anos, matou a ex-mulher e funcionária da cantina da Mace, Márcia Holanda, com cinco tiros de pistola calibre .40. Antes da tragédia, ele foi numa floricultura e mandou flores e um coração para a ex-esposa. O policial foi reabilitado pelo Conselho Superior da Polícia Civil em julho deste ano.

Conforme a Polícia, Márcia foi atingida com cinco disparos de arma de fogo, sendo um tiro na cabeça e quatro na altura do peito. Logo após ele se suicidou com um tiro na cabeça. O crime ocorreu no estacionamento localizado na esquina das ruas 13 de Maio e 26 de Agosto, no Centro de Campo Grande.

Ele estava com revólver calibre 38 na cintura. No entanto, conforme a Polícia, só foram encontradas capsulas de pistola .40 no local do crime. A arma ainda não foi localizada.

Melo é policial civil e foi reabilitado pelo Conselho Superior da Polícia em 10 de julho deste ano. Por maioria, foi aprovada a reabilitação da pena de suspensão por 60 dias.

Há dois anos, Melo se envolveu em uma briga no trânsito e foi parar na Delegacia. Ele também foi homenageado pela Polícia Civil.

Ronda – Segundo um amigo de Márcia, o policial vivia rondando a escola. Não foi a primeira vez que ele foi ao local nesta segunda-feira (28).

O local foi tomado por curiosos (Foto: Cleber Gellio)O local foi tomado por curiosos (Foto: Cleber Gellio)

A funcionária da cantina tinha uma motocicleta e estava indo embora, quando encontrou o ex-marido esperando por ela no estacionamento onde costumava deixar o veículo enquanto trabalhava.

O casal terminou e só retornou após o policial civil se internar em uma clínica psiquiátrica. No entanto, após ele desistir do tratamento, Márcia rompeu novamente o casamento.

Não conformado com o fim do relacionamento, ele insistiu em reatar e sempre a perseguia, conforme relato de colegas do trabalho dela.

Para conquistar a ex-esposa, ele enviava presentes e vivia na cantina da escola. Márcia ainda contava aos amigos que não acreditava que o ex-marido pudesse fazer algo de ruim contra ela.



Eu estou chocada pois ele foi meu primeiro namorado...
Que Deus conforte a familia dele ...
 
Claudia Rosa em 31/10/2013 15:31:14
Estou realmente com medo meu filho estuda na MACE neste horário quando gente acha que o filho está seguro vai que dá a louca e isto acontece na escola pois ele frequentava o local só por Deus.
 
adriana fagundes de barros da silva em 29/10/2013 22:17:43
o momento agora não é de se saber com q arma foi ou não,o fato é q a tragédia já aconteceu e duas vidas se perderam,deixando assim os entes queridos e amigos desestruturados e abalados...não há justificativa p o q aconteceu porém o rapaz passava por um momento de turbulência,a depressão é coisa mto seria,alem de ser um problema psicológico é tbm um problema espiritual e infelizmente isso aconteceu!!!Espero q Deus possa confortar a família de ambos,pois eu imagino a dor e o sofrimento q estão passando nesse momento,eu tbm perdi 2 parentes no dia 24 de agosto num duplo homicídio onde o assassino se encontra ate no momento livre pelas ruas
 
Vanessa Cristina em 29/10/2013 19:01:02
Nossos organismos de segurança, estão cheios de pessoas com problemas semelhantes. Em um curto período, três amigos meus que trabalhavam em um mesmo setor, foram vítimas desse processo causado pela depressão. Pergunto: O que nossas autoridades médicas estão fazendo para tentar minimizar esse tipo de coisa. O quê nossos Diretores e Comandantes podem fazer para evitar que tal mal, chegue ao ápice e vitime famílias inteiras?
 
Valter Oliveira em 29/10/2013 11:26:27
Esse é o Brasil que foi deturpado pela permissividade de quem dirige os destinos da nação. O Congresso é uma pocilga, onde as leis são fabricadas de acordo com os interesses políticos. Nosso código Penal e civil é do século passado. Aqui temos progressão de pena, um festival de indultos, uma vergonha nacional. A bandidagem está à solta e os malucos,psicóticos com uma arma na mão, causam medo e calafrios na sociedade.
Só fazendo um novo país, porque esse não tem mais jeito, nem esperança num futuro melhor.
 
arnobio luiz em 29/10/2013 10:44:06
não estou a favor do que ele fez, mas a tal da depressão é coisa séria, só quem tem ou teve depressão sabe o que a pessoa sente de vdd... eu tenho e passou muita coisa ruim na cabeça... poderia ser ela, por ter um marido policial e ter acesso a uma arma e ter cometido essa tragédia... por isso vcs q estão condenando esse policial cuidado pois pode haver alguem depressivo perto de vcs... por isso nunca achem q é frescura ou desprezem alguem com depressão, por que é a pior dor q o ser humano pode sentir!!!
 
Edgar Silva em 29/10/2013 10:26:24
oh Roger desculpa aí cara mas fala que é gente boa um cara que mata a ex mulher a queima roupa.... meu chapa, vamos parar de HIPOCRISIAAA
ELE ERA DOENTE....
PÊSAMES A FAMÍLIA DA MARCIA..
 
Esival Costa em 29/10/2013 09:56:46
NÃO SEI ONDE VAMOS ENCONTRAR SEGURANÇA EM NOSSAS VIDAS,EU FUI VITIMA DE MEU EX MARIDO FUI AGREDIDA VARIAS VEZES DENTRO DO MEU DOMICILIO ONDE ELE DIZIA QUE NUNCA EU TERIA COMO PROVAR PORQUE NÃO TINHA TESTEMUNHA DEPOIS DE 4 ANOS SEPARADA ELE CONTINUOU ME AGREDINDO;FUI NO FORUM PEDIR QUE ME AJUDASSEM;PORQUE NÃO AGUENTAVA MAIS FUGIR DELE POREM FOI PRESO ONDE FICOU 32 DIAS NO JULGAMENTO FOI CONSIDERADO INOCENTE MESMO EU TENDO FRATURA COM LAUDOS MEDICO;ELE FORJOU TESTEMUNHA E HALIBE DIZENDO ESTAS PESSOAS QUE ELE ERA INOCENTE ;FOI LIIVRE E FOI ME MANDADO PELA JUIZA UM OFICIAL PEDINDO PARA QUE EU E MINHAS DUAS FILHAS FOSSE RECOLHIDAS EM UM ABRIGO,PENSA EU SENDO VITIMA VIVER FECHADA E ELE LIVRE NÃO ACREDITO MAIS NA LEI MARIA DA PENHA;HJE VIVO EM UMA CIDADE MUITO DISTANTE PRA PODER CONTINUAR VIVA!!U
 
aparecida carrasco pereira em 29/10/2013 09:53:33
e aonde esta os direitos humanos agora. a família dela q se dane ne
 
joel alves de lima em 29/10/2013 09:29:16
E agora? Reabilitaram um assassino que possuía porte de arma. Inúmeras justificativas vão aparecer: "ele estava fora de si!" "Tadinho dele! Devia estar transtornado"! Sempre vai aparecer alguém para justificar aquilo que não tem justificativa. E a família? Essa que se dane né? Indignada com isso!
 
Juliana Cabrera em 29/10/2013 00:20:32
A maioria dos que trabalham na área de segurança pública , estão assim: surtando literalmente! muitos só vivem sob efeito de drogas pesadas
 
Frederico Lopes em 28/10/2013 23:34:35
Caso estranho como. A capsula 40 nao cabe no 38.
Se matar e colocar a arma na cintura,
Quem cuida do local nao viu.
Existe camera no predio ao lado. Loja
Certamente assassinato. E nao suicidio.
A nao ser que ele matou e se mato depois escondeu a arma
 
junior camargo em 28/10/2013 23:27:33
Meus pesames , a Família do Marlom , e a família da sua Ex.esposa , um rapaz gente boa de família boa , que tragédia , Deus conforte o coração de todos familiares .
 
Roger Lopes em 28/10/2013 22:33:02
Em que mundo estamos?
 
Fernando Silva em 28/10/2013 22:15:27
Confesso que não entendi: o policial mata, se suicida e a arma do crime "... não foi encontrada..."? Poderíamos deduzir que teria sido duplo homicídio ao invés de homicídio seguido de suicídio?
 
EDSON TROMBINE LEITE em 28/10/2013 20:45:20
Isso ai é uma vergonha, o ex-marido larga mulher e os filhos, ai eu ti pergunto, oque vai ser dos filhos ? e da família dessa moça ?, pra min ele nunca podia ter sido policial...
 
Marcelo Rezende em 28/10/2013 20:20:16
SINTO MUITO PELA FAMILIA... A FILHA DO CASAL QUE AGORA FICOU SEM PAI NEM MÃE...QUE DEUS CONFORTO O CORAÇÃO DOS PAIS IRMÃOS E FILHOS...
DESCANSE EM PAZ MARLON E MARCIA...
 
PATRICIA RIBEIRO em 28/10/2013 20:10:41
Ah, já sei! Ele deu um tiro na cabeça, jogou a outra arma longe, depois morreu!
 
Marco Antonio em 28/10/2013 19:28:58
Peraí, se a arma não foi encontrada, e com ele estava outra arma de OUTRO CALIBRE, como afirmam que ele a matou e depois se matou? Ou será que ele é um dos que denunciavam a podridão da polícia e teve um final igual ao da família de SP, em que o filho de 13 anos matou todos e depois se matou?
 
Marco Antonio em 28/10/2013 19:28:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions