A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/11/2013 12:10

Por 20 horas, professores fazem paralisação de alerta na terça-feira

Bruno Chaves e Viviane Oliveira
Professores querem piso nacional por 20 horas em até três anos (Foto: Cleber Gellio)Professores querem piso nacional por 20 horas em até três anos (Foto: Cleber Gellio)

Os professores da rede estadual de ensino se reuniram, nesta terça-feira (26), na sede da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), para discutir o piso salarial da categoria para os próximos três anos. Eles querem que o Governo do Estado se comprometa a pagar o piso nacional para 20 horas trabalhadas. Caso contrário, farão paralisação de alerta no dia 3 de dezembro.

A data base de reajuste da categoria é em janeiro. Até o início do próximo ano, o piso nacional da categoria é de R$ 1.567,00 para 40 horas semanais, sendo que o Governo de Mato Grosso do Sul paga R$ 1.806,00 para a mesma quantidade de horas trabalhadas.

Proposta encaminhada pelo governo à categoria diz que os salários dos educadores serão reajustados em 2014 conforme a correção do piso nacional. Ou seja, se o MEC (Ministério da Educação) estipular reajuste de 8% sobre os R$ 1.567,00, os professores do Estado terão seus salários ajustados em 8% sobre os R$ 1.806,00.

“Queremos que nessa negociação não seja discutido só o reajuste de 2014, mas uma lei que estabeleça uma política salarial que aponte em médio prazo, até três anos, quando é que Mato Grosso do Sul vai pagar o piso para 20 horas”, disse o presidente da federação, Roberto Botareli.

Durante a assembleia dos trabalhadores, ficou decidido que, se até o dia 30 de novembro o Governo do Estado não apresentar uma contraproposta sobre o pedido, haverá uma paralisação de alerta em todas as escolas estaduais no dia 3 de dezembro.

Professores e Governo discutem amanhã piso salarial da classe
A diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) se reúne com o governador André Puccineli (PMDB) para discutir ...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions