ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 15º

Cidades

Postos receberam mais de 1 milhão de litros de diesel, segundo o CMO

O CMO (Comando Militar do Oeste) realizou 72 escoltas de comboios de combustíveis no Estado e também no Mato Grosso.

Por Adriano Fernandes | 29/05/2018 19:12
Escolta de militares em Taquarussu, nesta terça-feira (29). (Foto: Direto das Ruas)
Escolta de militares em Taquarussu, nesta terça-feira (29). (Foto: Direto das Ruas)

Desde a última sexta-feira (25) quando decreto presidencial autorizou a atuação de militares no restabelecimento de serviços afetados por conta da paralisação de caminhoneiros em rodovias, o CMO (Comando Militar do Oeste) realizou 72 escoltas de comboios de combustíveis no Estado e também no Mato Grosso.

Ainda conforme o balanço parcial do Centro de Coordenação de Operações do Comando, até o momento foram escoltados 1 milhão e 138 mil litros de óleo diesel; 866,5 mil litros de gasolina, 186 mil litros de etanol e 6 mil e 720 quilos de gás liquefeito de petróleo.

Para aeroportos também foram disponibilizados 124 mil litros de querosene de aviação. As escoltas foram realizadas entre os eixos de transporte de cargas por Campo Grande (MS) até  Cuiabá (MT), Campo Grande – Três Lagoas, Campo Grande – Dourados, Campo Grande – Corumbá, Cuiabá – Rondonópolis e Cuiabá – Comodoro.

Denominada de São Cristóvão, desencadeada em virtude da greve dos caminhoneiros, a operação deve seguir até o próximo dia 04 de junho. Até esta terça-feira (29) os trabalhos contam com 2.500 militares e agentes de segurança pública.