A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018

04/05/2009 10:07

Presente agrada só 51% das mães; confira as preferências

Redação

Pesquisa desenvolvida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, mostra que em 2008 apenas 51% das mães que receberam presentes de Dia das Mães declararam ter ficado satisfeitas, as outras não responderam ou disseram que se frustraram.

O estudou mostrou a distância entre o presente que as pessoas pretendem dar às mães e o que elas esperam ganhar no dia 10 de maio. A pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 29 de abril e tem uma margem de confiança de 95%. Foram ouvidas 384 pessoas, das quais, 61% mulheres.

Das mães entrevistadas, 26,62% disseram que gostariam de receber vestuário como presente. Outras 19,48% gostariam de receber jóias de acessórios, 18,18% perfumaria, 7,14% eletrodomésticos. As utilidades para o lar são desejo de apenas 3,90% e as flores de 3,25%.

Já para quem vai presentear, 42,59% disseram que vão comprar peças do vestuário, outros 21,18% indicaram perfumaria e 9,18% citaram jóias e acessórios. A preferência por eletrodomésticos foi apontada por 7,76%, flores, 7,53% e utilidades para o lar 4,41%.

Considerando esses números é possível avaliar que a preferência menos contemplada na intenção de compras, em relação à expectativa das mães, são as jóias e acessórios. Elas aparecem como segunda maior opção entre as presenteadas, mas menos de 10% disseram que darão estes presentes às homenageadas.

Dos consumidores entrevistados, 45% têm vencimentos de até dois salários mínimos, 38,8% de dois a cinco salários mínimos. A maioria, 81,5%, trabalha nos setores de serviços e comércio. Mais de 87% disseram que vão comprar presentes para a data, a segunda mais importante do ano para o comércio. Destes, 71,28% vão presentear a própria mãe, 11,1% a sogra, 7,85% a avó e 7,44% a esposa.

A maior parte, 68,73%, tem a pretensão de gastar até R$ 100. Outros 19,85% manifestaram o interesse de gastar de R$ 101,00 até R$ 200,00 e 5,21% vão pagar de R$ 201,00 a R$ 300,00 no presente. Aqueles que desejam investir em presente para o Dia da Mães acima de R$ 501,00 representam 2,73%.

O dinheiro será a forma de pagamento de 46,21%, seguido do cartão de crédito, 30,07% e débito, 11,49%.O cartão da loja representa 5,87% e o crediário 4,40% como forma de pagamento na intenção de compra. O uso de cheque, pré-datado e à vista e, é pouco representativo, 1,22% e 0,24% respectivamente.

As lojas do centro foram preferidas por 50,61% dos potenciais clientes pesquisados. Por sua vez as lojas do shopping tem como intenção de compra por 38,88% dos potenciais consumidores no Dia da Mães. As lojas do bairro representam apenas 3,42% como opção de compra e o Camelódromo 2,20%.

CNJ aprova novo auxílio-moradia de até R$ 4.377,73 para magistrados
Em sua última sessão do ano, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou hoje (18), por unanimidade, numa votação de poucos segundos, uma nova resol...
Dois municípios de MS terão veículos adaptados para atender deficientes físicos
Dois municípios de Mato Grosso do Sul receberão veículos adaptados para ampliar o acesso e promover a qualificação dos serviços de reabilitação de pa...
Mega-Sena acumula em R$ 50 milhões para o próximo sorteio, na quinta-feira
Ficou para a próxima quinta-feira (20) a oportunidade dos apostadores faturarem o prêmio da Mega-Sena que chegou aos R$ 50 milhões, depois de acumula...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions