A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

25/05/2017 22:56

Professores prometem entrar em cruzar os braços na próxima terça-feira

Nyelder Rodrigues

Está programada para terça-feira (30) uma paralisação das atividades nas escolas da rede estadual em protesto a não apresentação de proposta para reajuste salarial. A decisão foi tomada em assembleia na semana passada pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e já foi comunicado ao Governo do Estado.

A categoria revindica o reajuste salarial de 7,64%, afirmando que aguarda desde janeiro proposta para tal, referente ao piso nacional. Os profissionais da educação frisam que só não cruzarão os braços caso recebam, até segunda (29), uma proposta.

Além da paralisação das atividades, os trabalhadores em educação realizarão um grande ato de alerta ao Governo do Estado, em Campo Grande, cobrando os direitos e a valorização da categoria. Em Nova Andradina, o Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) já realizou assembleia e decidiu aderir ao movimento.

"Estamos negociando com o Governo do Estado desde o início do ano e caso não haja uma proposta concreta até o dia 29 deste mês vamos cruzar os braços", frisa o presidente do Simted de Nova Andradina, Edson Granato, que completa.

"Os administrativos em educação estão no aguardo da incorporação e do seu reajuste. Vamos batalhar por essas conquistas porque todos são trabalhadores em educação. O estatuto é único e temos que estar juntos nesta luta, mostrar nossa força para garantir nossos direitos", encerra o sindicalista.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions