A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/01/2010 22:38

Projeto que acompanha araras azuis em MS fez 20 anos

Redação

Idealizado em 1989 pela bióloga e pesquisadora da Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal), Neiva Guedes, o projeto Arara Azul comemorou 20 anos no ano passado.

Reconhecido internacionalmente, o projeto foi desenvolvido em virtude da extinção das aves, que eram ameaçadas. A ação pela conversação da espécie já resultou em importantes prêmios e foi noticiada pelo mundo.

Neiva explica que é gratificante ver as araras crescendo e saber que o trabalho tem credibilidade internacional. O grande problema, segundo ela, é que ainda não há recursos garantidos para poder planejar ações, por exemplo, para daqui três anos.

O projeto Arara Azul compreende o acompanhamento das araras na natureza, o monitoramento de ninhos naturais e artificiais numa área de mais de 400 mil hectares além do trabalho, em conjunto com proprietários locais, visando à conservação da espécie.

Conforme Neiva Guedes, a situação da arara-azul na natureza só começou a mudar em 1990, quando foram iniciados os primeiros estudos da espécie no Pantanal. Atualmente, as aves tem uma possibilidade concreta de conservação graças aos trabalhos científicos e de conscientização realizados pela equipe de pesquisadores e educadores do projeto.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions