A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/10/2010 13:26

Promotora critica imprensa e cobra sigilo sobre mordida

Redação

Após 3 horas de depoimentos, a mãe do menino de 8 anos, intimados pela 28ª Promotoria da Infância e da Juventude sobre uma mordida no dia 5 de outubro, foram liberados pelo Ministério Público, sem dar entrevistas.

De acordo com a promotora da Infância e da Juventude, Vera Aparecida Cardoso Bogalho Frost Vieira, intimar a mãe e a criança é um procedimento normal feito pela Promotoria quando existem denúncia de ato infracional envolvendo crianças menores de 12 anos.

A promotora acusou a imprensa de distorcer as informações sobre o caso. Segundo ela, os meios de comunicação identificaram indiretamente as crianças e o local onde moram, o que é considerado uma infração pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

"As crianças foram identificadas indiretamente. O nome dos pais e o condomínio onde vivem foram divulgados. Temos de proteger crianças envolvidas em atos infracionais. A imprensa não tomou esse cuidado", afirmou a promotora, que orientou a mãe e o menino a não falarem com os jornalistas.

Multa

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions