A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/11/2009 10:05

Quadrilha é presa depois de roubar 8 caminhões em 1 mês

Redação

Depois de uma série de assaltos a caminhoneiros em Mato Grosso do Sul, a Polícia Civil conseguiu prender oito integrantes de uma quadrilha especializada nesse tipo de roubo, 4 são adolescentes. Em pouco mais de um mês, eles roubaram oito caminhões. Dois membros do grupo ainda são procurados.

Cinco integrantes foram apresentados na manhã de hoje pela Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furto e Roubo de Veículos). Outros dois participantes são adolescentes e já estão em Unidades de Internação. Mais dois garotos ainda são procurados pela Polícia.

As investigações apontaram que o grupo transportava os caminhões até Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e em alguns casos chegou a pedir resgate aos proprietários.

Depois de um dos crimes, um caminhoneiro de Iguatemi pagou R$ 30 mil para ter de volta uma carreta Mercedes Bens avaliada em R$ 80 mil.

O grupo foi preso aos poucos, durante investigações distintas. Ao fim da apuração, a Polícia descobriu que havia ligação entre os crimes, praticados para capitalizar a organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), avalia o delegado Cláudio Martins. "Tudo indica também que os crimes eram comandados de dentro dos presídio", afirma.

Três presos tiveram ligação direta com o roubo de um caminhão do Detran, em Campo Grande, no dia 6 de novembro: Marcos Roberto Leonardo, de 28 anos, Waldiney Aparecido Santos da Silva, de 25 anos e Jhonatan de Melo, de 19 anos.

O veículo foi levado da casa de um funcionário do órgão, após a família ser mantida refém por três horas. Em contato com a Polícia Nacional paraguaia, o veículo foi localizado em Pedro Juan Caballero e recuperados.

Também foram apresentados hoje Agmar Pereira Sobrinho Júnior, de 37 anos e Geraldino dos Santos, de 38 anos, que já haviam sido presos por assalto no dia 15 de novembro, depois de assaltar o motorista de uma carreta, na saída para Cuiabá, em Campo Grande, carregada de fertilizante. Também foi detida uma adolescente de 15 anos no mesmo dia, além de Pamella Cristina Arbues Fernandes, de 18 anos, que foi encaminha ao Presídio Feminino.

O grupo usava mulheres como isca para atrair caminhoneiros e levar o caminhão até o Paraguai.

Os sete já presos foram indiciados por roubo, formação de quadrilha e corrupção de menores.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions