A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/08/2010 19:17

Queda do preço do leite preocupa produtores e indústria

Redação

A queda de 77,33% no preço do leite in natura no período de entressafra em Mato Grosso do Sul preocupa produtores e a indústria em Mato Grosso do Sul. Somente este mês o preço caiu 6%.

Por ser um período em que o pasto é escasso em função de pouca chuva, o produtor tem que dar suplementação alimentar aos animais, o que encarece o custo da produção. O produtor acaba gastando mais e com a queda no preço, recebe menos. "A conta não fecha", diz a assessora Econômica da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Adriana Mascarenhas.

A redução acentuada pode ser atribuída ao alto estoque de leite UHT no mercado, resultado da queda nas exportações do produto e de derivados lácteos, além da importação de 21,650 mil toneladas de leite em pó do Uruguai e Argentina e o aumento da produção no Sul do País.

Outro fator que também contribui é a redução do preço no mercado spot - comércio entre indústrias. Para Adriana, o "cenário é muito difícil para o produtor".

A indústria também reclama os prejuízos com o aumento da oferta do produto no mercado. Para a presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínio de Mato Grosso do Sul (Silems), Milene de Oliveira Nantes, somente com a implantação do Conseleite no Estado será possível observar quem absorve o ganho.

Em Mato Grosso do Sul existem 33 mil produtores de leite, sendo que 80% são de pequeno porte e de assentamentos. A produção no Estado é de R$ 1,5 milhão de litros por mês. (Com informações de Luciana Gabas, Notícias MS).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions