A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

18/09/2009 11:34

Refém dopado vai para CTI e ladrão é denunciado por irmã

Redação

Um motorista de caminhão está internado no CTI (Centro de Tratamento de Urgência) do Hospital Regional, em Campo Grande, após ter sido dopado por bandidos durante um roubo. Um dos envolvidos no assalto foi preso após ter sido denunciado pela própria irmã.

Francisco Amauri Mendes, 49 anos, havia saído de Brasília, Distrito Federal, no dia 10 deste mês com uma carga de material odontológico. Parte dela foi entregue em Barra do Garça e Cuiabá, Mato Grosso, e outra, avaliada em R$ 54 mil, tinha como destino a Funasa (Fundação Nacional de Saúde), na Capital.

De acordo com boletim de ocorrência, o responsável pelo transporte teve contato pela última vez com o motorista, na noite do dia 12. Na manhã do dia 14 (segunda-feira) foi informado que Francisco estava internado em estado grave na Capital.

Conforme registro do Corpo de Bombeiros, Francisco foi encontrado caído, salivando e inconsciente, na saída para Rochedinho, 12 quilômetros após a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), na noite do dia 13 (domingo).

Francisco foi então encaminhado para atendimento médico onde foi verificado que ele havia ingerido entorpecentes e bebidas alcoólicas, a mando dos bandidos. O motorista ainda está com uma fratura. Ele foi então internado no CTI do HR.

Um dia antes de Francisco ter sido encontrado, a irmã de Vanderlei Antunes, 43 anos, denunciou à Polícia que o irmão havia roubado a motocicleta dela para servir de batedor para um caminhão roubado.

Na segunda-feira (14), a Polícia de Dourados, cidade que fica a 230 quilômetros de Campo Grande, entrou em contato com a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos) informando que havia detido um homem em um caminhão com carga de material odontológico. O homem havia sido detido porque não portava CNH (Carteira Nacional de Habilitação) para conduzir caminhão.

Quando a Polícia de Dourados acionou a Defurv, a irmã de Vanderlei estava sendo ouvida na delegacia, e confirmou que o homem detido era o irmão dela.

Diante da situação, a Polícia de Dourados mandou à Defurv a nota fiscal da carga. A Defurv então conseguiu localizar a empresa responsável e em contato, confirmou que o caminhão havia sido roubado, que o motorista estava internado em estado grave e que o proprietário da empresa estava em vôo para a Capital.

Diante da confirmação do roubo, policiais da Defurv foram para Dourados e prenderam Vanderlei, que confessou que o veículo era roubado.

De acordo com a Defurv, Vanderlei disse que ficou à espera do caminhão em um posto de combustíveis da BR-163. Falou ainda que tem três comparsas.

Vanderlei havia saído da prisão

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions