A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

22/01/2015 13:45

Reinaldo diz ter R$ 200 milhões em caixa para concluir todas obras inacabadas

Governador já disse que tem R$ 500 milhões em obras inacabadas

Juliene Katayama
Aquário do Pantanal é a obra mais polêmica que Reinaldo deve entregar (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Aquário do Pantanal é a obra mais polêmica que Reinaldo deve entregar (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse ter R$ 200 milhões em caixa entre recursos de convênios e Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul) para concluir obras inacabadas. No entanto, o tucano calcula necessitar de mais de R$ 500 milhões para entregar os empreendimentos à população.

“Entre convênios mais o saldo do Fundersul tem R$ 200 milhões em caixa para concluir as obras inacabadas”, afirmou Reinaldo na manhã desta quinta-feira (22), durante posse dos integrantes do Conselho Estadual da Funtrab (Fundação do Trabalho).

O tucano aguarda a conclusão de uma auditoria em todas as contas do governo para ter conhecimento da real situação financeira do Estado. “Estou aguardando a auditoria que deve ficar pronta em 10 dias para ser concluída”, pontuou.

Mas o governador já antecipou ter mais de R$ 500 milhões em obras inacabadas. Na lista das obras em andamento estão o Aquário do Pantanal, construção do campus da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) na saída para Rochedo e ampliação do Hospital Regional. Além deste prejuízo, Reinaldo também tem um prejuízo de quase R$ 170 milhões de restos a pagar.

Hospitais - Os hospitais regionais de Três Lagoas e de Dourados, por exemplo, tiveram os recursos empenhados no início de dezembro e foram cancelados no dia 31 – último dia da gestão do ex-governador André Puccinelli (PMDB). Para cada uma dessas obras foram destinados recursos na ordem de R$ 41 milhões e R$ 21 milhões, respectivamente, que foram revogados no último momento.

Além dos hospitais regionais, as obras das rodovias MS 180 e 156, região de Dourados, e a duplicação da avenida Guaicurus, em Dourados, também tiveram os recursos cancelados.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions