ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 12º

Cidades

Reinaldo reúne-se com Onyx Lorenzoni para discutir segurança na fronteira

Governador disse que objetivo é integrar fiscalização na região; fronteira de 1,5 mil quilômetros é rota do narcotráfico

Por Silvia Frias e Izabela Sanches | 08/01/2019 11:37
Governador em reunião, hoje, discutiu mudanças na secretaria de Segurança Pública (Foto: Marina Pacheco)
Governador em reunião, hoje, discutiu mudanças na secretaria de Segurança Pública (Foto: Marina Pacheco)

Segurança na fronteira será o tema a ser discutido em reunião, no dia 24 de janeiro, entre o governador do Estado, Reinaldo Azambuja e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM). O governador disse que pediu o encontro para debater reforço no sistema de fiscalização.

“Se vier uma parceira do governo federal, teremos uma presença maior na fronteira que vai diminuir os índices de criminalidade”, disse Azambuja, que participou hoje de reunião com a cúpula da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Por Mato Grosso do Sul, o país tem 1,5 mil quilômetros de fronteira com Bolívia e Paraguai, sendo 549 quilômetros de fronteira seca, sendo um dos principais corredores do narcotráfico e contrabando.

Azambuja disse que a reunião irá tratar das ações do governo do Estado e do governo federal para segurança. “Governo sempre esteve aberto, mas, sempre esteve ausente. Agora nós queremos fortalecer essa integração na faixa de fronteira”.