A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/08/2009 09:55

Reunião em Dourados discute segurança em aldeias

Redação

Uma reunião que acontece neste momento na delegacia da Polícia Federal em Dourados discute medidas de segurança para as aldeias Bororó e Jaguapiru, onde vivem pelo menos 12 mil índios guarani-kaiowá e terena. Participam da reunião o procurador da República Marco Antonio Delfino de Almeida, a chefe da Funai no cone sul do Estado, Margarida Nicoletti, representantes do comando da Polícia Militar e lideranças indígenas.

Durante a reunião, a chefe da Funai deve propor a convocação da Força Nacional de Segurança Pública para atuar na reserva indígena de Dourados, que enfrenta violência, consumo de álcool e tráfico de drogas. O assunto já tinha sido discutido sexta-feira passada em audiência pública realizada na reserva para debater a segurança nas aldeias. O procurador Marco Antonio Delfino de Almeida apoia a proposta da Funai.

A Força Nacional, que em anos anteriores atuou no combate à violência nos morros do Rio de Janeiro e nas cidades do chamado Entorno de Brasília, teve passagem por Dourados em 2006, após as rebeliões em presídios sul-mato-grossenses lideradas pela facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions