A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

12/08/2009 09:55

Reunião em Dourados discute segurança em aldeias

Redação

Uma reunião que acontece neste momento na delegacia da Polícia Federal em Dourados discute medidas de segurança para as aldeias Bororó e Jaguapiru, onde vivem pelo menos 12 mil índios guarani-kaiowá e terena. Participam da reunião o procurador da República Marco Antonio Delfino de Almeida, a chefe da Funai no cone sul do Estado, Margarida Nicoletti, representantes do comando da Polícia Militar e lideranças indígenas.

Durante a reunião, a chefe da Funai deve propor a convocação da Força Nacional de Segurança Pública para atuar na reserva indígena de Dourados, que enfrenta violência, consumo de álcool e tráfico de drogas. O assunto já tinha sido discutido sexta-feira passada em audiência pública realizada na reserva para debater a segurança nas aldeias. O procurador Marco Antonio Delfino de Almeida apoia a proposta da Funai.

A Força Nacional, que em anos anteriores atuou no combate à violência nos morros do Rio de Janeiro e nas cidades do chamado Entorno de Brasília, teve passagem por Dourados em 2006, após as rebeliões em presídios sul-mato-grossenses lideradas pela facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions