A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/03/2008 17:10

Rio Tinto diz que a falta de chuvas prejudicou córrego

Redação

Em processo de expansão de suas atividades, a Rio Tinto tenta provar que não é a responsável pela redução do volume de água dos córregos Três Corações e Piraputangas, em Corumbá. Estudos hidrogeológicos e geoquímicos feitos pela empresa mostram que o volume da água do córrego Piraputangas é afetado principalmente em razão das chuvas, conforme o gerente de saúde, segurança e meio ambiente da Rio Tinto, João Augusto Dias Silva, em visita a redação do Campo Grande News.

 

Nos anos de 2005, 2006 e 2007, os índices pluviométricos foram mais baixos do que em 2007, quando as chuvas foram de 1773 m³/hora. A Rio Tinto usa parte da água do córrego Piraputangas, mas o gerente garante que o consumo está dentro do limite permitido pela ANA (Agência Nacional das Águas).

João Augusto diz ainda que a mineradora não tem relação com o córrego Três Corações. Os córregos Três Corações e Piraputanga têm bacias diferentes e os estudos mostram que as águas são outras.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions