ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  15    CAMPO GRANDE 16º

Cidades

Santa Casa prepara estrutura para transplante de coração

Por Redação | 11/05/2010 11:56

A Santa Casa de Campo Grande retomou os transplantes de rins e prepara sua estrutura para realizar também o de coração e de fígado, considerado um dos mais complexos da medicina.

O hospital fortalece esse tipo de procedimento. Do dia 27 de abril até hoje, foram realizados quatro transplantes de rins. Dois pacientes foram operados no sábado e estão internados no pós-operatório, período mais delicado do procedimento.

A meta do hospital é que em seis meses também o transplante de coração esteja restabelecido. "Estamos adequando o pós-operatório para efetivar a realização de transplantes de coração. No transplante de rins, esperamos realizar dois por semana", comenta o diretor clínico da Santa Casa, Luiz Alberto Kanamura.

Na manhã de hoje foi realizado um transplante de rim. Um paciente recebia o órgão de um doador vivo. "A cirurgia não é o mais difícil para nossa equipe. As atenções ficam para o pós-operatório", ressalta. Neste período, mais de dez profissionais ficam responsáveis por um único paciente.

Um residente da Santa Casa está fazendo especialização em transplantes de fígado, para que até um ano o hospital possa oferecer este serviço. "Poucos hospitais fazem esta cirurgia, a parte técnica nós iremos cumprir, só resta a instituição se adequar", explicou o médico.

Também são realizados o procedimento de córnea e osso, que não foram interrompidos.

Desde o início do ano foram realizados mais de 30 transplantes de córnea. A cirurgia é considerada simples e não tem grandes complicações.

O hospital também tem a equipe de captação, responsável por recolher os órgãos de doadores e conserva-los até o transplante. "Somos referência na captação, é o único lugar que recebe órgãos por morte cerebral", lembra Kanamaro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário