A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/05/2016 16:30

Secretaria de Segurança diz desconhecer paralisação na polícia

Antonio Marques

A Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) de Mato Grosso do Sul divulgou nota na tarde desta segunda-feira, 23, em que informa desconhecer e não ter sido comunicado de qualquer movimento grevista, de paralisação ou de operações padrão dos policiais militares. Afirma ainda que não deu qualquer aval para a tropa neste sentido.

Conforme o pasta, as questões salarial e funcional dos cabos e soldados, que representam a maioria maciça da tropa, já foram negociadas entre o Governo do Estado e a ACS (Associação de Cabos e Soldados da PM), em assembleia geral e legítima.

Da mesma forma, comunica a secretaria, que o Governo do Estado está trabalhando para reestruturar a PM, melhorar as condições de trabalho e valorizar os policiais. E, nos próximos dias, afirma a nota, será entregue para a instituição 866 novos coletes balísticos, 230 armas, entre fuzis, metralhadoras e espingardas de grosso calibre, e mais 60 viaturas, entre motos, caminhões guinchos e vans.

Além disso, o Sejusp afirma que estão em andamento processos licitatórios para a aquisição de mais 76 viaturas e atas de registros de preços, em fase de homologação, para a aquisição de mais de 5 mil coletes balísticos para a PM e a Polícia Civil.

Parte do efetivo de policiais militares e bombeiros paralisará as atividades nesta terça-feira (24) nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Na Capital, o efetivo de folga foi convocado a comparecer à Praça Ary Coelho amanhã, às 8h, para darem início a um "dia de alerta", em que apenas os serviços essenciais serão mantidos.

*modificada às 23h55 para correção de informações



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions