A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/03/2013 18:01

Secretário diz que não tem o que fazer com Maníaco da Cruz

Para Jacini, Ministério e Secretaria de Saúde devem assumir responsabilidade sobre jovem

Nícholas Vasconcelos e Helton Verão
Secretário diz que Ministério e Secretaria de Saúde devem assumir responsabilidade sobre Maníaco.Secretário diz que Ministério e Secretaria de Saúde devem assumir responsabilidade sobre Maníaco.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, afirmou que a pasta não tem o que fazer com o Maníaco da Cruz, caso ele seja capturado. A declaração foi durante a reunião do Gigfron (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira), nesta quinta-feira (7) na Governadoria.

Para o chefe da pasta, o problema deixou de ser da segurança pública e passou para as autoridades de saúde.

“A intervenção da Sejusp já está esgotada e agora cabe ao Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde tomar providência”, disse.

Jacini disse que a captura de Dionathan Celestrino, 20 anos, é de interesse da administração pública, porque ele precisa ser tirado do convívio com a sociedade.

O secretário não informou como estão as investigações para localizar o jovem, que fugiu da Unei (Unidade Educacional de Internação) no último domingo (3).

Dionathan estava apreendido desde outubro de 2008, condenado por três assassinatos naquele ano, em Rio Brilhante.

Desde outubro de 2011 ele estava internado indevidamente, quando deveria ter sido liberado do regime de internação após o prazo máximo de três anos estabelecido pelo ECA (Estatuto da Criança e Adolescente).

A Justiça determinou em março do ano passado que o jovem fosse internado de maneira compulsória em um hospital psiquiátrico. O Estado então tentou internar o Maníaco em instituições de saúde, sem sucesso e por isso o manteve na Unei.

Embora internado de maneira irregular, o jovem é procurado por medida de segurança, já que a decisão judicial manda interná-lo em local especializado.



A segurança pública fez a parte dela, o judiciário também, agora ta na hora da população tomar providencias em relação a ele.
 
Guilherme Luiz em 08/03/2013 10:14:15
Estou torcendo para que ele resista à prisão, kkkk.
 
Athaide Romero em 08/03/2013 07:59:49
Simples: Inventem que ele trocou tiro com a CIGCOE e ela o manda pro inferno...Estamos cansados e indignados de tantos bandidos e monstros que estão por ai soltos nas ruas, e nós, cidadãos que pagamos nossos insuportáveis impostos presos em casa..Acho que 99% da população "do bem" pensa da mesma forma que eu..Abraços
Ah, antes que eu me esqueça: QUEM TÁ COM DÓZINHA DESSE MONSTRO,LEVE-O PRA CASA TÁH???
 
Omas Turbando em 08/03/2013 00:05:04
Está errado Sr. Secretário, o problema é da segurança, da justiça, da saúde. E, principalmente da vontade política dos dirigentes do estado de Mato Grosso do Sul em resolver a questão dos presos psiquiátricos.
 
solange fernandes em 07/03/2013 19:11:47
O secretário Jacini esta com toda a razão. Até agora, a secretária de saúde não se manifestou. Por ordem judicial, ele deverá ser internado em um estabelecimento psiquiátrico e não em um presídio. Com a palavra a saúde...
 
Mauricio Coutinho em 07/03/2013 18:46:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions