A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

06/08/2011 16:34

Secretário do Ministério da Agricultura pede demissão depois de denúncias

Paula Maciulevicius

Em nota, Milton Ortolan repudia as informações e diz não ser conivente com irregularidades e desvios de recursos

O secretário executivo do Ministério da Agricultura, Milton Ortolan, pediu demissão hoje, depois de ter o nome ligado a denúncias de relações com lobistas, publicadas pela imprensa nacional.

Em nota publicada no site do ministério, Ortolan repudia as informações e diz não ser conivente com irregularidades e desvios de recursos no ministério.

“Não participei e nem compactuo com ilegalidades. Tenho 40 anos de serviço público. Jamais fui acusado de conduta irregular”, diz Ortolan em nota.

Ele pede ainda que sejam feitas investigações “em todos os níveis considerados necessários”. E que está disponível para eventuais explicações.

“Coloco-me à disposição das autoridades competentes para prestar quaisquer esclarecimentos. Tenho a consciência tranquila e provarei minha inocência.”

Mais cedo, a assessoria do Ministério da Agricultura já havia divulgado nota assinada pelo ministro Wagner Rossi em que ele repudiava as informações envolvendo o secretário publicadas na reportagem da revista Veja.

No último dia 02, a (CGU) Controladoria-Geral da União abriu auditoria e procedimento administrativo para apurar denúncias envolvendo a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e o Ministério da Agricultura.

A equipe de nove auditores tem até o dia 30 de setembro para concluir as apurações.

Denúncias veiculadas pela imprensa indicam que houve pagamentos irregulares para empresas, pagamentos de sentenças judiciais e avaliação e alienação de imóveis da Conab. Além da fiscalização, a CGU acionou a sua corregedoria para avaliar as responsabilidades disciplinares dos envolvidos. (Com informações da Agência Brasil)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions