A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

09/10/2010 15:52

Sem acordo, greve dos bancários prossegue no Estado

Redação

A reunião entre a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e o Comando Nacional dos Bancários, realizada hoje em São Paulo, terminou sem acordo. Porém, neste sábado, houve avanço quanto ao valor do reajuste.

Os banqueiros, que até então ofereciam reajuste de 4,29%, aumentaram a proposta para 6,5%. Contudo, os bacários querem reajuste de 11%.

Uma nova tentativa de acordo está marcada para a próxima segunda-feira, também em São Paulo. De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, José Aparecido Clementino Pereira, o comando de greve do Estado acompanha as negociações.

Ele salienta que qualquer proposta que surgir na segunda-feira só será avaliada em Mato Grosso do Sul após o feriadão. "As propostas ainda estão longe do que precisamos", avalia.

Conforme a Agência Brasil, uma das questões que também está emperrando o acordo é forma de pagamento. O reajuste seria aplicado apenas para quem ganha até R$ 4,1 mil. Acima disso, seria adicionado um valor fixo de R$ 266,50.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions