A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/11/2010 13:21

Sem sinalização, trecho da Orla Morena vira problema

Redação

O cruzamento da avenida Orla Morena com a América e Almirante Barroso, no bairro Planalto, é local de intenso fluxo de veículos e está sem sinalização desde quinta-feira (28), quando a passagem foi liberada após as obras de continuação da via. Não há faixa de pedestre, placas de "Pare" ou semáforo.

Quando o motorista chega a qualquer uma das esquinas, ele não tem a certeza de quem é a preferencial, e a confusão já causou, pelo menos, três acidentes.

A partir de uma denúncia feita pelo leitor Claudio Luiz Schmitt Junior, o Campo Grande News foi ao local e constatou a falta de sinalização. Enquanto a equipe de reportagem estava próxima ao cruzamento, por duas vezes motoristas usaram a buzina para evitar colisão.

Em uma das casas que ficam de frente ao cruzamento, moram seis crianças. Elas estudam na escola Padre José de Anchieta, e tem que atravessar a avenida todos os dias para irem ás aulas. "A gente tem que olhar e sair correndo. Está difícil para atravessar e dá medo", afirma Rafaela Leite de Carvalho, de 11 anos.

Tia de Rafaela, Elisângela Silva de Carvalho Almeida, 38 anos, disse que viu os acidentes no local e teme pelo descaso com a sinalização. "No dia em que liberaram a passagem por aqui, já teve um acidente. Tempos atrás, teve um acidente na rua de baixo que deixou uma vítima fatal. Só então, eles colocaram quebra-molas lá. Espero que não estejam aguardando morrer alguém aqui para tomar alguma providência", disse Elisângela.

Os moradores afirmam que em horários de pico, por volta das 8h, 12h e 18h, o trânsito fica ainda mais perigoso no cruzamento. Terezinha Bertoloto, 44 anos, por volta das 11h, vinha no sentido centro-bairro pela Orla Morena. Chegando ao cruzamento, sem placa de sinalização, a condutora freou. "Como a pessoa que vem da outra rua não sabe que a Orla Morena deve ter preferencial, eu prefiro parar e olhar. Isso aqui está uma bagunça", reclamou Terezinha.

Motociclista entregador de gás de cozinha, Rodrigo Melo, de 30 anos, elogia a continuação da Orla Morena, mas também critica a falta de sinalização. "Assim fica complicado atravessar. Eu passo todo dia aqui e tem que ter atenção redobrada".

Outro perigo - Preocupada com a situação, Rosângela Mendonça de Jesus, 33 anos, disse que já ligou para a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). Ela destaca ainda o perigo quanto à quadra de esportes que fica em uma área de lazer construída no canteiro da Orla Morena.

"Depois que fizeram a continuação da avenida, com esse asfalto novo, os motoristas vem em alta velocidade, se perderem o controle ao fazer a curva podem até vir parar na quadra de esportes que fica no centro da orla, sem nenhuma proteção", diz Rosângela.

Segundo Rosângela, a resposta da Agetran foi de que a sinalização já está sendo feita, e que o local seria tratado com prioridade. Mas na opinião dela, "nem eles entenderam o que foi feito neste cruzamento".

A moradora afirmou também que em um dos acidentes que viu em frente de sua casa, devido a falta de sinalização, os condutores entraram em conflito por não entenderem de quem seria a culpa, afinal, não há sinal de regras indicando quem tem a preferência.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com algum representante da Agetran que pudesse responder sobre o assunto, mas, devido ao feriado de amanhã pelo Dia de Finados, hoje os servidores também estão de folga. O expediente só volta ao normal na quarta-feira (3). No entanto, a chefe de divisão de educação no trânsito do órgão, Ivanise Rotta, por telefone celular, ao tomar conhecimento da situação, concordou que o local precisa ser sinalizado.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions