A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/07/2008 14:35

Servidores da Funasa em greve por tempo indeterminado

Redação

Servidores da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) que trabalham nas aldeias de Mato Grosso do Sul deflagraram greve nesta quarta-feira. Eles reivindicam a volta de uma indenização e ainda um plano de carreiras para a categoria.

Segundo Edmundo Pires, representante da classe, com a greve, todo o atendimento que é realizado nas aldeias está suspenso. A paralisação é por tempo indeterminado.

Pires explica que os 739 profissionais que trabalham nas aldeias, mas que não são servidores, não estão em greve, no entanto o serviço deles fica prejudicado porque os motoristas que levam as equipes às aldeias, são funcionários da União. A Funasa tem 159 servidores no Estado.

Somente os atendimentos de urgência estão mantidos, de acordo com Edmundo, que explica que desde que a Funasa assumiu a saúde indígena, em 1999, os servidores recebiam R$ 26 por dia trabalhado, agora, o abono salarial foi cortado.

Uma medida provisória de maio deste ano criou uma gratificação de R$ 590 em substituição à indenização. No entanto, conforme Edmundo, nem todos os servidores vão receber.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions