A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/01/2010 14:54

Servidores e índios discutem reestruturação da Funai

Redação

Os servidores e os índios vão se reunir amanhã, a partir das 9h, para discutir o decreto que reestrutura a Funai (Fundação Nacional do Índio). O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), acabou com as duas administrações regionais e instituiu três coordenações regionais no Estado.

A principal queixa é que o Governo federal não ouviu os índios nem os funcionários do órgão para implementar as mudanças, que contam com o apoio do funcionalismo. Segundo o diretor do Sindsep (Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Mato Grosso do Sul), João Nascimento, o Governo não promoveu dialogo nem foi democrático na reestruturação da Funai.

Outra queixa é que houve a extinção dos pólos nas aldeias de Mato Grosso do Sul. Contudo, a entidade não sabe quantos pólos estavam funcionando e foram extintos no Estado.

Pela proposta do Governo federal, serão contratados mais 3,1 mil servidores no País. Em Mato Grosso do Sul, a Funai conta com 137 funcionários na Capital e no interior. "Não somos contra o decreto", destacou Nascimento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions