A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/11/2015 09:24

Sindicato fará manifestação após presos agredirem policial civil

Viviane Oliveira
Local onde ocorreu a agressão. O policial foi ferido a golpes de barra de ferro. (Foto: divulgação Sinpol) Local onde ocorreu a agressão. O policial foi ferido a golpes de barra de ferro. (Foto: divulgação Sinpol)

Depois que o policial civil Arlei Marcelo Farias, 38 anos, foi agredido a golpes de barra de ferro na delegacia de Itaquiraí, distante 410 quilômetros de Campo Grande, o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul) ameaça manifestação com a entrega das chaves das celas.

O investigador foi ferido na tarde de ontem (21) na cabeça e rendido quando vigiava sozinho 21 presos. Arlei foi agredido com uma barra de ferro serrada da grade da cela, enquanto entregava marmitas aos detentos. Após a agressão, cinco presos fugiram levando a arma e o carro do policial.

Conforme o sindicato, há anos vem cobrando a retirada dos presos das delegacias, pois a função de custódia de presos não é do policial. “É insustentável a permanência de detentos nas delegacias. O que aconteceu com o investigador Arlei é a prova disso”, afirma o presidente Giancarlo Miranda.

A categoria estuda a possibilidade de uma manifestação inédita em todo o Estado com a entrega das chaves das celas às autoridades competentes. “O Sinpol vai convocar uma assembleia para discutir a entrega das custódia de presos”, diz.

Ainda de acordo com o sindicato, o estado de saúde do investigador é estável. Ele recebeu 15 pontos na cabeça e continua internado no Hospital de Dourados.

Superlotação - De acordo com o Sinpol, no dia 18 de novembro a 1ª Delegacia de Ponta Porã, que tem duas celas para abrigar oito presos, estava com 43. Além disso, a unidade não tem ventilação e muito menos luminosidade. Em Chapadão do Sul, a delegacia abriga 25 detentos, porém há uma determinação do juiz da comarca que determina o limite de 12 presos na umidade. Casa haja descumprimento, a multa diária é de R$ 5 mil por preso.

Cinco presos fogem de delegacia em Sete Quedas serrando grades e pulando muro
Foram cinco os presos que fugiram na noite desta quarta-feira da Delegacia de Polícia Civil de Sete Quedas, município 471 quilômetros distante da Cap...
Quatro presos fogem de delegacia em Sidrolândia
Quatro presos fugiram, nesta terça-feira, da Delegacia de Polícia Civil em Sidrolândia (71 km de Campo Grande).Os detentos fugiram pela grade do solá...


Meus amigos da Polícia Civil, o secretário de Segurança Pública está mais preocupado em economizar recursos, ou seja, faz uma verdadeira pechincha para estruturar as policias enquanto se gasta milhões com propagandas.
Esse é o Governo de um programa só... CARAVANA DA SAÚDE, afinal só se fala nisso.
Até o fim do ano, o secretário irá anunciar a chegada de viaturas alugadas, mas com certeza não vai dizer que esses veículos são inadequados para realizar o policiamento, no entanto foram alugados por se tratar de mais barato.
Vamos esperar acabar logo esse mandato para tentarmos novamente.
 
TOYOSHI SATO em 22/11/2015 13:10:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions