A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

10/07/2009 08:27

Sob risco, pecuarista baleado é transferido de hospital

Redação

Sob risco de uma nova investida de pistoleiros, o pecuarista Marcelo Gimenez de Lima, de 31 anos, baleado no início da noite de quarta-feira foi transferido às 20 horas de ontem da Santa Casa de Campo Grande para um hospital particular.

Amedrontada, a família não informa para qual hospital ele foi levado e se continua em Campo Grande. O estado dele é considerado muito grave.

Por telefone, a mãe dele disse que a família toda está recebendo ameaças e que sabe quem está por trás do atentado. "Mas não posso falar nada porque nossos telefones estão grampeados e a gente sabe", disse.

Marcelo estava com a esposa, entrando em seu carro, um New Beetle, no bairro Monte Líbano, quando o suspeito se aproximou e disparou. Foram três tiros na cabeça e um nas costas. Segundo a mulher dele, o autor era alto e gordo.

A mãe do pecuarista acredita que o atentado esteja relacionado a uma disputa judicial por terras em Jardim.

Marcelo e seu pai recentemente conseguiram a escritura definitiva da Fazenda Aurora, uma área de 32 mil hectares onde há criação de gado e lavoura de soja. "Tem gente grande interessada", afirma.

Diante do risco, a família pediu escolta policial para o pecuarista na Santa Casa e ontem à noite decidiu pela transferência.

Além de pecuarista, Marcelo também tem negócios no ramo de petróleo, segundo a mãe. Ele é casado e tem uma filha de três anos de idade. O caso é investigado sob segredo de justiça.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions