A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

19/08/2010 09:13

Sobre greve, direção diz que Santa Casa faz sua parte

Redação

Diante do anúncio de que 70% dos profissionais de enfermagem da Santa Casa de Campo Grande vão entrar em greve na próxima segunda-feira, o coordenador-geral do hospital, Salim Chiad, afirmou que a direção está fazendo a sua parte.

"Fazemos a nossa parte. Todos os pedidos são atendidos dentro das necessidades e possibilidades", afirmou após evento hoje na Santa Casa. Para ele, paralisações não deveriam ser adotadas por profissionais de saúde.

"Pessoalmente, não existe isso dentro do trabalho do profissional de saúde. Não podemos parar o atendimento".

No mês passado, os profissionais de enfermagem realizaram greve por 10 dias. Após reunião no TRT (Tribunal Regional do Trabalho), a categoria voltou a trabalhar e negociar o reajuste salarial.

Contudo, de acordo com o Siems (Sindicato dos Trabalhadores na área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), os negociadores da Junta Interventora da Santa Casa não compareceram à audiência conciliatória realizada no último dia 10.

Além do reajuste de 15% os trabalhadores em enfermagem querem benefícios como creche, cesta básica, adicional de período noturno e acréscimo de ganho na insalubridade. A direção do hospital ofereceu reajuste de 5%.

Atualmente, 840 trabalhadores compõem o quadro da enfermagem na Santa Casa.

Na segunda-feira passada, os médicos-residentes da Santa Casa e do Hospital Universitário também cruzaram os braços por tempo indeterminado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions