A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

07/07/2009 08:59

Sobre prisões, Artuzi diz que quem "deve tem de pagar"

Redação

Alegando não ter informações sobre as acusações que levaram hoje à prisão o vice-prefeito e o presidente da Câmara de Dourados, o prefeito Ary Artuzi (PDT) preferiu não comentar a operação da Polícia Federal.

Uma das pessoas próxima a Artuzi que estão na PF é o vice-prefeito, Carlinhos Cantor (PR). "Eu não sei, tem que ligar para o delegado. Se tiver alguém fazendo coisa errada tem que pagar", afirmou o chefe do Executivo.

Somente em Dourados foram presos dois vereadores: Sidlei Alves (DEM) e Marcelo Barros (DEM), durante a operação Owari, que significa ponto final em japonês.

Foram presos inclusive empresários da família Uemura, uma das principais financiadoras da campanha do prefeito Ari Artuzi e do antecessor Laerte Tetila.

Os empresários Sizuo Uemura e Helena Uemura também estão na delegacia da Polícia Federal. Sizuo é bastante conhecido na cidade e forte no ramo de funerária, onde detém monopólio.

A PF cumpre 42 mandados de prisão e 85 de busca e apreensão em Dourados, Campo Grande, Naviraí, Ponta Porã, Guaíra (PR) e Umuarama (PR). Foram dois anos de investigações.

Apostadores de quatro estados são os mais novos milionários do país
Apostadores de quatro estados acertaram os seis números da sorte da Mega-Sena e são os mais novos milionários do Brasil. Os sortudos são de Salvador ...
MPE realiza processo seletivo para estagiários em 37 cidades neste domingo
O MPE (Ministério Público Estadual) aplica neste domingo (24) as provas do processo seletivo para estagiário em 37 cidades do Estado. As avaliações c...
Uems recebe inscrição para teste de proficiência em três idiomas até quarta
Segue até a próxima quarta-feira (dia 27) o período de inscrição para o exame de proficiência de leitura em inglês, francês e espanhol. O interessado...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions