A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019

04/11/2010 08:15

Soldados de MS esperam tempestade tropical no Haiti

Redação

O batalhão brasileiro, que está em Missão de Paz no Haiti, está em preparação para a tempestade tropical "Tomas", e avisa da dificuldade de comunicação que os soldados terão enquanto o fenômeno atingir o local. Dos 810 homens do Brabatt 2 (2º Batalhão de Infantaria de Força de Paz) que estão no Haiti, 520 são de Mato Grosso do Sul.

O batalhão atua desde agosto deste ano e a previsão é de que o centro da tempestade (olho) passe por Porto Príncipe, onde estão os brasileiros, a partir das primeiras horas de amanhã (5).

Desde o dia 28 de outubro que as autoridades haitianas, a ONU (Organização das Nações Unidas, a Minustah (Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti) e o Comando do Brabatt 2 acompanham o desenvolvimento da tempestade tropical "Tomas", formada na região sudoeste do Mar do Caribe.

O batalhão brasileiro, a fim de proteger as pessoal e amenizar efeitos sobre materiais e instalações, vai usar os chamados "kits furacão". Além disso vão as viaturas de forma a cortar o efeito dos ventos, e determinar a permanência em locais protegidos até que os ventos diminuam.

O comandante do Brabatt 2, coronel Polsin, prevê a possibilidade da comunicação telefônica e de internet com familiares ser cortada durante a tempestade tropical. "Para mantermos nossas famílias informadas, passaremos informações ao Comando Militar do Oeste e ao Comando Militar do Planalto, que se encarregarão de repassá-las às suas Organizações Militares aos nossos entes", informou o comandante.

O coronel ainda afirmou contar com a torcida dos brasileiros. "Continuamos contando com suas orações para que nossa missão continue sendo tão bem cumprida como vem ocorrendo até agora".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions