A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

09/10/2010 09:28

Surto de catapora esgota vacina em hospitais da Capital

Redação

O surto de catapora nos últimos meses em Campo Grande esgotou o estoque de vacinas nos principais hospitais e clínicas particulares da cidade.

No Hospital da Criança, a vacina contra varicela, nome científico da doença, está em falta há duas semanas. Ela custa R$ 140, mas a previsão é que o estoque seja reposto só daqui a um mês.

Na Clínica da Criança, só há vacina conjugada, que protege também contra Caxumba, Rubéola e Sarampo. Ela custa R$ 180.

Entretanto, a imunização exclusiva de catapora está em falta há mais de um mês.

O hospital El Kadri, que também disponibilizava todas as vacinas infantis que não estão no calendário nacional público, parou de oferecer o serviço.

A vacina também está em falta no Hospital Infantil São Lucas. Ela custa R$ 120 e não há previsão de chegada de novos estoques.

A varicela é uma doença altamente contagiosa, causada pelo vírus varicela-zoster e acomete, principalmente, menores de 15 anos.

Ela não é considerada uma doença sazonal, ou seja, pode ocorrer durante o ano todo. No entanto, o número de casos aumenta entre agosto e novembro, quando ocorrem os surtos em creches, escolas e pré-escolas.

Quem contrai catapora tem o corpo tomado por vesículas, que evoluem para crostas até a cicatrização.

A transmissão ocorre por contato direto, disseminação aérea de partículas virais e por contato com as lesões de pele.

O período de maior transmissibilidade começa dois dias antes do aparecimento das vesículas e vai até a fase de crosta. O período de incubação varia de duas a três semanas.

Complicações

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions