A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/01/2008 17:53

Técnicos analisam estragos causados por fuga de presos

Redação

Técnicos e engenheiros do governo estadual irão avaliar os estragos causados pelos internos do 1º Distrito Policial de Dourados, que escavaram um túnel na unidade para conseguir escapar. A partir deste trabalho, conforme o site Dourados Informa, será dado início às obras de restauração. Sete internos conseguiram escapar da unidade, e até o momento apenas um teria sido recapturado.

Ainda não foi divulgado se outras providências de infra-estrutura serão tomadas para evitar novas fugas. O 1º DP abrigava 37 internos antes da fuga. Até esta manhã, 32 (sendo quatro mulheres) permaneciam na unidade, até a transferência de 25 para a Penitenciária Harry Amorim Costa.

A Corregedoria da Polícia Civil de Dourados investiga o caso, para apurar se houve ou não facilitação para a fuga. Ainda não se sabe que instrumentos foram usados para abrir o buraco ou quanto tempo levaram para concluir a fuga. O delegado regional Nazih El Kadri confirmou a abertura de inquérito e sindiância, a ser comandada pelo delegado Benjamin José Machado.

A fuga só teria sido notada às 9h, quando foi levado café da manhã para os internos. Todos os fugitivos são considerados de alta periculosidade, e aguardavam a abertura de vagas na Penitenciária douradense. Oito presos estavam na cela, sendo que um deles não conseguiu fugir. Silas Rocha Martins, que responde por assalto, foi recapturado.

Ainda estão foragidos Tiarli da Silva Santana (mandado de prisão expedido pela Comarca da Capital), Valdir Barros Fernandes (acusado de assalto), Antônio Carlos Freitas (assalto), Adriano dos Santos (tentativa de latrocínio), Davi Bispo Marques (tráfico de drogas) e Anderson Carlos dos Santos (assalto). Eles escavaram um túnel de cinco metros, que deu acesso à galeria de esgoto, a partir do vaso sanitário da cela 4. Vários sacos de terra foram encontrados na cela.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions