A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Julho de 2018

17/07/2009 17:09

TJ suspende auxilio moradia e juiz recorre ao Supremo

Redação

Um desembargador aposentado do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) recorreu ao Supremo Tribunal Federal contra a suspensão do pagamento de auxílio moradia aos 72 inativos. Conforme a assessoria do corte máxima do Poder Judiciário, ele alegou que o corte do benefício reduziu o seu salário de R$ 14.973,08 para R$ 10.560,42.

O magistrado pede a concessão de liminar alegando privação de verba alimentar e que é septuagenário. "O custo de vida dos idosos ou aposentados é muito elevado", argumentou, para pedir a antecipação de tutela.

Novela

Equipes tentam normalizar fornecimento de energia em cidades afetadas por apagão
Equipes da concessionária Copel (Companhia Paranaense de Energia) trabalham para normalizar o fornecimento de energia nos oito municípios de MS, afet...
Governo fixa preços de alimentos para a merenda em escolas estaduais
Resolução publicada nesta quarta-feira (18) no Diário Oficial do Estado fixou, até o fim deste ano, os preços estabelecidos para a compra de alimento...
Ações revertem quadro e MS avança no combate à mortalidade infantil, diz governo
O governo do Estado aponta que houve redução nos índices de mortalidade infantil em Mato Grosso do Sul e avançou seis posições no ranking nacional en...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions