A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/07/2009 17:09

TJ suspende auxilio moradia e juiz recorre ao Supremo

Redação

Um desembargador aposentado do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) recorreu ao Supremo Tribunal Federal contra a suspensão do pagamento de auxílio moradia aos 72 inativos. Conforme a assessoria do corte máxima do Poder Judiciário, ele alegou que o corte do benefício reduziu o seu salário de R$ 14.973,08 para R$ 10.560,42.

O magistrado pede a concessão de liminar alegando privação de verba alimentar e que é septuagenário. "O custo de vida dos idosos ou aposentados é muito elevado", argumentou, para pedir a antecipação de tutela.

Novela

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions