A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

29/11/2010 07:40

Trabalhador madruga na fila para pedir seguro desemprego

Redação

As senhas são limitadas e dezenas de pessoas madrugam na frente dos órgãos que realizam cadastro para receber o seguro desemprego em Campo Grande, em busca de atendimento.

Na SRTE (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego), órgão ligado ao mistério do Trabalho, na rua 14 de Julho, são 50 senhas de manhã e outras 50 à tarde, contudo, pelo menos 80 pessoas já aguardavam na fila às 6 horas da manhã desta segunda-feira.

Até 7 horas, quando os atendentes distribuem os números, essa quantidade praticamente dobrou e a aglomeração chegava na esquina com a avenida Mato Grosso.

Solange Ferreira da Silva, 29 anos, procurou o órgão na última sexta-feira (26/11) e tentou pegar uma senha. Ela chegou ao local às 6 horas e se deparou com a fila quilométrica. Antes de chegar a vez dela, os números acabaram.

Ela mora na região do Jardim Colúmbia. De lá até o Centro, sem carro, é "praticamente uma viagem", diz. "São 3 ônibus para vir para cá. Quando cheguei (na sexta-feira) a fila já estava lá na esquina. Já perdi a viagem duas vezes", conta Solange.

Ontem, ela resolveu se antecipar ainda mais, chegou ao local 20h40 e pernoitou na frente do ministério do Trabalho. Em meio à chuva, dispunha apenas de um casaco e uma manta para escapar do frio.

"Deixei meu filho com meu marido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions