A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/02/2012 19:54

Trabalhadores da educação se reúnem para debater paralisação nacional

Viviane Oliveira

Professores das redes públicas de ensino de Campo Grande e dos municípios de Mato Grosso do Sul se reuniram hoje na ACP (Sindicato campo-grandense dos Professores da Educação Pública) para debater a paralisação nacional nos dias 14, 15 e 16 de março.

O objetivo da paralisação é por questões como investimento de 10% no PIB (Produto Interno Bruto) na educação, a implantação do PNE (Plano Nacional de Educação), o cumprimento integral da Lei do Piso Nacional, onde entra a implantação de 1/3 de hora-atividade para o magistério.

Com o intuito de mobilizar a categoria, a diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) está participando de assembleias e reuniões nos sindicatos de base dos filiados a Federação.

Nesta quinta-feira, na parte da manhã o debate foi com a rede estadual de ensino e na parte da tarde com a rede municipal.

Segundo o presidente da FETEMS, Roberto Magno Botareli, as questões que estão sendo reivindicadas na paralisação nacional de março, iniciativa da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), que acontecerá no país todo, organizada pelos sindicatos dos trabalhadores em educação, atingem diretamente a categoria.

“As bandeiras de luta nacional atingem diretamente a categoria nos estados, além disso, vamos incorporar lutas nossas como 1/3 de hora-atividade e o cumprimento de questões como o pagamento do Piso Salarial Nacional nos municípios”, afirma.

A Paralisação Nacional em Mato Grosso do Sul terá a seguinte programação: no dia 14 os municípios realizaram atividades como panfletagem, passeatas e assembleias, no dia 15 os trabalhadores em educação realização uma grande passeata em Campo Grande, com a presença da categoria de todo o Estado e no dia 16 os municípios debaterão questões relacionadas ao PNE.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions