A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

25/08/2011 09:27

Sem terra que participam de protestos vão ao Hemosul doar sangue

Edmir Conceição

O banco de sangue do Hemosul ganha reforço nesta quinta-feira. Os trabalhadores sem terra que participam de protestos em frente à sede do Incra vão fazer doações de sangue. A Jornada de Luta pela Reforma Agrária acontece em praticamente todo país, desde segunda-feira, e vai até amanhã.

Em Campo Grande são 300 manifestantes, que reivindicam são orçamento para atender a demanda da reforma agrária, assentamento de 60 mil famílias acampadas em todo país, programa de desenvolvimento dos assentamentos, renegociação das dívidas, medidas para garantir a educação nos assentamentos e linha de crédito especial para as famílias assentadas.

“A doação de sangue é um ato de solidariedade que sempre esteve presente nas mobilizações. Incentivar as famílias a ser solidários é uma das bandeiras de luta do Movimento, considerando que vivemos em um sistema capitalista onde o ser humano é visto como mercadoria, e as relações são extremamente individualistas fazendo que as pessoas não enxerguem as necessidades do próximo”, divulgou a assessoria do MST.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions