ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

Túnel para fuga é descoberto em cadeia de Amambai

Por Redação | 14/08/2009 20:11

Plano de fuga foi frustrado após agentes penitenciários da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul) descobrirem um túnel no Epam (Estabelecimento Penal de Amambai), na manhã dessa sexta-feira.

De acordo com informações divulgadas no site A Gazeta News e com base em comunicado da polícia, levantamentos internos apontaram o detento Washington Affonso Tomaz, de 27 anos, morador em Itapevi (SP), como sendo o mentor do plano de fuga.

Segundo a polícia, o preso tem passagens por assalto em São Paulo. Ele foi detido pela PRE (Polícia Rodoviária Estadual) no dia 27 de julho em Amambai, com um caminhão roubado em São Paulo.

O Túnel - O túnel tem um metro de altura e cerca de dois metros de comprimento. Foi cavado com a ajuda de uma marmita de alumínio e um pedaço de pedra retirado do próprio piso da cadeia.

As escavações estavam bastante adiantadas, sendo o fim do túnel no pátio do local. A rede de esgoto servia para esconder a terra retirada da escavação.

Por conta da superlotação do presídio, que é classificado como de segurança mínima, até ontem 15 detentos ocupavam a cela onde o túnel foi descoberto e os agentes vieram a descobrir o plano de fuga após o remanejamento de quatro presos para outra cela.

Superlotação - A cadeia de Amambai tem capacidade para abrigar 67 homens e 5 mulheres em regime fechado. Atualmente abriga 191 homens e 14 mulheres. A cela onde foi detectado o túnel abrigava 15 presos em um espaço de 3x3 metros. (Com informações do site A Gazeta News).