A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/04/2011 11:37

UFMS poderá receber R$ 70 milhões para ampliação de cursos e novas obras

Ítalo Milhomem

O ministro da Educação, Fernando Haddad se reuniu ontem (7), com o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) e a reitora da UFMS, Célia Maria Oliveira para discutir novos investimentos na ordem de R$ 70 milhões para abertura de novo curso no interior e a ampliação física da instituição.

Na demanda apresentada ao ministro estão a implantação do curso de Medicina Veterinária no município de Paranaíba, a construção do prédio da Fadir (Faculdade de Direito), Centro de Documentação e a Casa do Estudantes em Campo Grande.

Também estão incluídos nas propostas da universidade a construção de uma Farmácia Escola, alojamentos funcionais e complexos esportivos em todos os campus, da instalação de um Centro de Formação de Professores e o Centro de Convivência onde funcionou o Auto Cine.

O compromisso de levar as propostas ao ministro foi firmado em março pelo senador Delcídio do Amaral.

“Agora, vamos trabalhar junto à bancada e ao pessoal da área de ensino superior do MEC para ver como os projetos serão executados. A idéia é garantir até dezembro recursos para começarmos as obras e ir escalonando os investimentos nos próximos anos”, explicou o senador.

Além de Delcídio e Célia, estiveram presentes na reunião com o ministro, o deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT-MS) e pró-reitores da UFMS.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


Investimentos e propostas, o que realmente esperamos é que as palavras e promessas sejam executadas. Campus da UFMS estão fechando, em tempos de expansão das universidades federais!

 
João Luís Flores em 08/04/2011 12:28:02
Bem que podiam arrumar a ponte que liga o Bloco X com a Rua UFMS, ao inves de continuar a ponte de madeira, perigosa e isolada, poderiam construir uma ponte de asfalto, ligando a rua do lago do amor ao estacionamento do Glauce Rocha, seria bem mais facil o acesso e bem mais seguro para quem vai a pé.
 
Vivian Stral em 08/04/2011 04:09:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions