A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/05/2010 15:43

Universal: DEPCA vai apurar violação de direito a crença

Redação

A Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) vai ouvir na próxima semana o menino de 17 anos, motivo do protesto realizado ontem pela mãe Sueli Ferreira de Moura em frente à Igreja Universal do Reino de Deus.

A mulher se acorrentou durante sete horas ao portão da entrada principal da igreja, na Avenida Mato Grosso.

Segundo a delegada Regina Brito de Mota, a expectativa é descobrir se houve violação dos direitos do adolescente. No ECA (Estatuto da Criança e ao Adolescente), em seu 16° artigo, a criança e o adolescente tem direito à liberdade de crença ou culto religioso.

"Vamos saber se ele freqüenta a igreja por vontade própria, se há algum tipo de coação por parte da Universal ou se a mãe o está impedindo de freqüentar os cultos", explicou a titular da Depca.

Ontem, durante o protesto, Sueli afirmava que não desejava que o filho parasse de freqüentar a Universal, apenas que deixasse de dedicar tanto tempo às atividades religiosas. "O rapaz tem 17 anos, tem condições de responder como é a situação em casa em relação à igreja", antecipou Regina da Mota.

Se for constatado que a mãe impedia o filho de praticar sua crença, ela pode ser encaminhada ao Conselho Tutelar para orientações e possível advertência. Por outro lado, caso seja verificado se a igreja está coagindo o jovem a praticar atitudes ilícitas

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions