A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/09/2010 08:24

Vence temporária e ex-superintendente do Incra é solto

Redação

O ex-superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Mato Grosso do Sul foi liberado ontem, após ficar preso desde o dia 30 de agosto, acusado de um esquema de comercialização irregular de lotes da reforma agrária.

Ele foi preso junto com 9 servidores do Incra, 8 líderes de assentamentos e 3 empresários, além do chefe da Unidade Avançada de Dourados, Oscar Francisco Goldbach.

Waldir foi solto porque venceu o prazo da prisão temporária e não houve decretação da preventiva. Segundo as informações do presídio de Naviraí, onde ele estava, Waldir foi solto por volta das 18h.

Conforme as informações do estabelecimento penal, outros 16 presos durante a operação continuam no local.

O esquema Waldir Cripiano Nascimento foi preso acusado de fazer parte de um esquema que causou prejuízo de R$ 62 milhões aos cofres públicos. A investigação apontou a comercialização de 300 lotes, em assentamentos em diversas regiões estado. Só nesta irregularidade, o prejuízo foi de R$ 12 milhões.

Os outros R$ 50 milhões teriam sido gastos em um processo fraudulento de distribuição de 497 lotes a pessoas não habilitadas no programa de reforma agrária do governo federal.

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal não divulgaram informações sobre o andamento do inquérito sobre o caso.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions