A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/01/2010 10:06

Verba para recuperar BRs será 45% maior neste ano

Redação

Mato Grosso do Sul deve contar com volume de recursos 45% maior que em 2009 para recuperação de rodovias federais neste exercício.

A informação é do superintendente estadual do DNIT, Marcelo Miranda. Segundo ele, todas as rodovias receberão melhorias.

Na BR-163, por exemplo, terá continuidade o trabalho de alargamento, de 7 para 12 metros, com implantação de 2,5 metros para cada lado, de acostamento.

Segundo Miranda, em 2010 devem ser destinados R$ 480 milhões nas obras rodoviárias em Mato Grosso do Sul contra R$ 330 milhões no ano passado. Estão descartadas implantações de pedágios.

Quanto aos estragos causados pelas chuvas, o superintendente classifica como "pequenos" excetuando a BR-267, no porto XV, onde tráfego precisou ser interditado desde o dia 13 e somente foi totalmente restabelecido na noite de ontem. Uma pista estava cedendo devido à chuva e corria risco de desmoronamento.

A BR-267 deve receber investimentos de R$ 200 milhões, para a restauração total entre Bataguassu e Nova Alvorada do Sul. Serão feitas obras de restauração da rodovia, recuperação do acostamento e da construção de 20 quilômetros de terceira faixa.

A última pesquisa sobre as condições de rodovias de Mato Grosso do Sul (tanto estaduais quanto federais) mostrou que de uma extensão de 3.728 quilômetros avaliados em território sul-mato-grossense, 11,2% foram considerados ruins e 0,9% péssimos. Para 60,8% da extensão a avaliação foi regular, 19,7% boa e 7,4% ótima.

A MS-306 foi a única considerada ruim quando analisados todos os aspectos: pavimento, sinalização e geometria. As duas consideradas boas foram a MS-134, entre Batayporã e Porto Primavera e a BR-158, ao leste do Estado. As demais foram avaliadas como regulares

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions