A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/09/2013 11:26

Vítima de agressão em frente a boate é flanelinha e queria ser o "dono do ponto"

Graziela Rezende

Assim que repassado o caso para a Polícia Civil, sobre um jovem de 29 anos que teria sido gravemente ferido por um cuidador de carros na madrugada de ontem (22), foi verificado que a vítima se tratava, na verdade, de “zóinho”, outro flanelinha que atua na região central de Campo Grande e que a briga se originou porque ambos se diziam os “donos do ponto”.

De acordo com o delegado Miguel Said, responsável pelas investigações, todos os ouvidos vão prestar depoimento. Porém, ainda hoje, algumas testemunhas informaram à Polícia que não viram as pedras nem as tesouras na qual Paulo César Ferreira teria sido ferido.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta das 3h30, a Polícia foi acionada para comparecer na rua 15 de Novembro, próximo a José Antônio e em frente a boate Coyote. Assim que chegaram, os militares constataram que o Corpo de Bombeiros socorriam Paulo. Já o autor fugiu em companhia de outro cuidador de veículos, que seria o seu enteado.

Paulo, conforme apurou o Campo Grande News, possui extensa ficha criminal como autor de furto, dano, lesão corporal dolosa e vias de fato, entre outros. Já o possível autor, identificado apenas como Daniel, reside no bairro Los Angeles e seria funcionário do Frigorífico JBS.



É uma vergonha.
Aquela região é muito escura, e os flanelinhas (viciados dos mais variados tipos), ficam por ali, escondidos aguardando suas vítimas.
O ponto deve ser tão bom que quase deu morte!
 
marcos silva em 23/09/2013 14:31:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions