A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


23/12/2016 13:55

A música nas rádios de Campo Grande

Reinaldo Rosa

ENTÃO É NATAL – Mais um ano chegando ao final e raras emissoras de Campo Grande colocam músicas nacionais de qualidade em suas programações. Rádios que se valem da mistureba, continuam apostando na manjada e já cansativa sertaneja universitária. Tem quem goste.

PORQUE É SÁBADO – Difusora AM, de Campo Grande, tem programação nova nas manhãs de sábado. Vereadores –entre morto e feridos pelas urnas- escorados em verbas públicas abandonaram expediente de marcar presença com suas comunidades. Evangélicas em geral.

TÁ CARO – Contemplar os ouvintes com melhor qualidade de som era –e ainda é- o sonho de empresários da comunicação radiofônica nacional. Transposição da faixa de AM para a de FM já está aprovada –e em andamento-. Para habilitadas quatro emissoras de MS faltam verbas para a concretização dos objetivos. Só isso.

EM ALTA – À frente do ‘Cidade Alerta’ local, Rodrigo Nascimento registra bons índices de audiência para a Rede MS. Discutível, ainda, a serie ‘põe na quadrada’ –do início do programa- e a criação do “meu MS”, na cola de Marcelo Resende e seu fictício Brasil.

GENTE QUE FAZ – Após alguns anos na editoria de esportes da 104 FM Educativa, Fernando Blank mudou de canal. Passou a editar as montagens dos boletins diários divulgados pela Sub Coordenadoria de Comunicação através de uma centena de emissoras de rádios de MS.

CADÊ – Na serie de retrospectivas e ‘especiais’ na TV, uma chama a atenção; ausência do espetáculo criado em solo pantaneiro, Moinho in Concert, pela TV Morena.

MARILYN – ‘Depois do amor’, comédia romântica retorna ao ano de 1962 e aos bastidores do filme ‘Something’s got to give’, produção estrelada por Marilyn Monroe. Danielle Winits e André Gonçalves estão na peça que marcou o último trabalho de direção de Marília Pera. Dias 28 e 29 de janeiro no Glauce Rocha. Produção de Pedro Silva e Jamelão.

 

ENQUADRAMENTO – Sem parceria com a rede Globo, departamento de Esportes da Band, SP, sofre as consequências. Novo modelo de renovação de contrato com locutores do Grupo Band prolonga vínculo de alguns, aliada à redução salarial e menos transmissões. Simples assim.

DEU NISSO – Grupo Band, de São Paulo, mexe pauzinhos e burocracias judiciais para rever contrato celebrado com o pastor Romildo Soares. Ceder o horário nobre para a igreja não compensa os ganhos e perdas da emissora.

OUTRO LADO – Conversações são bem-vindas por parte de Soares. Dízimos estão em queda livre. Crentes não conseguiram os milagres prometidos e atual crise econômica que assola o país estão entre as principais causas das e avaliações. Cristo salva.

É POSSÍVEL – Entre beijos e abraços, beber e comer com moderação, estão itens de obtenção de um Feliz Natal. E, claro, não esquecer os ensinamentos do principal Aniversariante do dia; este Amigo não tão secreto. Simples assim.

Na internet, grupo Acaba tem audiência cativa
MIOPIA – 66 curtidas, dez comentários, oito compartilhamentos no Facebook, incontáveis visualizações neste site Campo Grande News. Nota da coluna sob...
Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia
ESTAMOS JUNTOS – Mesmo ausente da grade musical da maioria de emissoras de rádios e retransmissoras de TVs locais, o Grupo Acaba vive –e sobrevive-. ...
Música regional de MS é atração rara nas emissoras locais
ESTRELAS FAZEM SINAL – Paulo Simões, Geraldo Roca, autores da música 'Trem do Pantanal', considerada hino não oficial de MS, não têm o destaque merec...
Só um 'não' ao ouvinte pode tirar rádio da mesmice
LINHA FECHADA – Quando é preciso dizer ‘não’. Difusora AM também abre espaço para atendimento de pedidos musicais dos ouvintes. Perigo à vista; maior...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions